domingo, 27 de novembro de 2011

Carreatas do SIM e do Não se encontram em Belém.

 
Carreatas plebiscitárias marcaram manhã de domingo (Foto: Jaime Souzza)As frentes “Não” e “Sim”, rivais na campanha plebiscitária, realizaram carreatas simultâneas pelas ruas de Belém, na manhã deste domingo (28), ambas visando à massificação de suas propostas para a consulta popular do próximo dia 11 de dezembro, que questionará sobre a divisão do estado.
A frente contrária à divisão do Pará reuniu mais de 500 veículos em um grande cortejo que partiu do Ginásio Municipal de Ananindeua, o Abacatão. Outras carreatas do “Não” também saíram de diferentes pontos, se unindo durante percurso pelas ruas da capital, formando um movimento de aproximadamente mil veículos, segundo estimativa dos organizadores.  
A partir das 8h, os militantes começaram a se concentrar em locais como estádio olímpico Mangueirão, Praça Amazonas (próximo ao Pólo Joalheiro), avenida João Paulo II e prefeitura de Marituba. Integrantes de um clube de colecionadores de carros antigos participaram da manifestação, partindo às 10h da Casa das Onze Janelas, no centro histórico de Belém.
O trajeto das carreatas pelo “Não” à divisão culminou em um encontro em São Brás, por volta das 13h, com a realiação de um ato em defesa da integralidade territorial do estado do Pará.
Comandando a mobilização, nos trios elétricos estavam presentes o presidente da Frente Contra a Criação do Estado do Tapajós, deputado estadual Celso Sabino, e o vice-presidente, Eliel Faustino, além  do deputado federal Zenaldo Coutinho, presidente da Frente Contra a Criação do Estado do Carajás, e políticos como o presidente da Assembléia Legislativa do Pará, Manoel Pioneiro e o deputado estadual Edmilson Rodrigues. As autoridades discursaram contra a criação de novos estados.
“SIM”
Ao mesmo tempo, as Frentes Pró-Carajás e Pró-Tapajós realizaram uma carreata que iniciou com a concentração às 8h no espaço Aldeia Cabana e seguiu pelas ruas dos bairros da Pedreira, Umarizal, Canudos e Marco. Cerca de 300 carros integraram o cortejo, que encerrou na avenida João Paulo II, por volta de 13h30.
A manifestação pelo “Sim” contou com participação de militantes, lideranças de partidos políticos e deputados estaduais e federais que encabeçam a campanha a favor da divisão, como o coordenador da Frente Pró-Carajás, deputado federal Giovanni Queiroz (PDT) e o também deputado federal Zequinha Marinho (PSC), que integra a frente Pró-Tapajós. Já o presidente da Frente Parlamentar Pró-Carajás, deputado estadual João Salame (PPS), não pode integrar a carreata de hoje, pois está em Marabá por conta de outros compromissos da frente de campanha.
Adesivos da campanha “Sim” e panfletos com informações e propostas sobre criação dos novos estados de Carajás e Tapajós foram distribuídos. De acordo com os organizadores, novas mobilizações na capital serão planejadas ao longo da semana. (DOL)

Nenhum comentário:

Postar um comentário