quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Prefeito Eraldo Pimenta fala sobre a Campanha do "SIM"


Em uma entrevista ao Blog do Xarop cheia de revelações o Prefeito Eraldo Pimenta da suas opiniões pessoais. O prefeito de Uruará que também é presidente do Consórcio Belo Monte, passa a limpo questões como Plebiscito, Construção da Hidrelétrica de Belo Monte, e rebate críticas feitas pelo vereador Reginaldo Campos de que os prefeitos estão sendo omissos, com medo de contrariar o governador e sofrer represálias. X
 
Na  minha opinião, Duda Mendonça é um marqueteiro elitista. Eu sempre falei que em lugar de dar nove milhões para ele, o que se deveria fazer era comprar material, distribuir para regiões, dessa maneira ajudaria o Movimento. Agora o camarada pegar nove milhões de reais e dizer que é para fazer campanha pelo SIM, isso na minha opinião é ganhar dinheiro, esse é o meu ponto de vista.

Blog do Xarope- Prefeito, dê sua opinião sobre o Plebiscito Pró-Tapajós e Carajás?
 
Eraldo Pimenta- O plebiscito é de fundamental importância para todos os 27 municípios que vão compor o Novo Estado. O Tapajós vem a ser a redenção, tanto econômica quanto social e de crescimento do Estado. Nós vamos saltar de um orçamento de FPE, de dois bilhões e meio, mais ou menos para um mínimo de sete bilhões, por que serão três Estados recebendo este Fundo de Participação. Sem contar que foi investido o ano passado, pelo governo do Estado uma faixa de 500 milhões de reais para o a região Oeste do Pará e dois bilhões para a área metropolitana, ou seja, nós aqui da região sempre estivemos á margem, sendo relegados a segundo plano. A verdade é que nossa região está muito longe da área metropolitana e agente acaba sendo na realidade, eu te diria até, voltando à era do colonialismo, como era na relação de Portugal com o Brasil, então é de fundamental importância nossa luta por essa nova conquista que nós temos. Eu costumo dizer que, passando ou não o Plebiscito, nós temos que demonstrar nossa força e dar o alerta ao atual governo que necessitamos de mais atenção. Dependendo do percentual de votos a favor do plebiscito nós estaremos refletindo a atenção que precisamos, mas infelizmente não temos do Governo do estado do Pará.
 
Blog do Xarope- Com relação á críticas que foram feitas por membros do Movimento, entre eles o vereador de Santarém Reginaldo Campos de que existem muitos prefeitos que estão omissos diante deste grande Movimento Pró –Emancipação, o vereador chegou a criticar a AMUT, dizendo que todos  têm medo de sofrer represálias por parte do governador Jatene, o que o senhor tem a dizer?
 
Eraldo Pimenta- Eu poderia dizer que quem está levando essa campanha são os prefeitos. Observe que em todos os municípios que tem os comitês Pró-Tapajós sendo instalados, todos os veículos que estão sendo destinados á Campanha, na realidade, são os prefeitos que estão bancando, e todo mundo sabe disso. O problema é que os prefeitos hoje têm compromissos com 13º Salário, além dos outros compromissos com o município e eu acredito que o vereador Reginaldo Campos e outros que estão á frente do Movimento, a quem eu gostaria de parabenizá-los, deveriam eles se mobilizar no sentido de convencer aos empresários e as indústrias para fazer parte desta Frente de Luta popular.
 
Blog do Xarope-Como o senhor analisa a atuação do marqueteiro Duda Mendonça?
 
Eraldo Pimenta- Em minha opinião, Duda Mendonça é um marqueteiro elitista. Eu sempre falei que em lugar de dar nove milhões para ele, o que se deveria fazer era comprar material, distribuir para regiões, dessa maneira ajudaria o Movimento. Agora o camarada pegar nove milhões de reais e dizer que é para fazer campanha pelo SIM, isso na minha opinião é ganhar dinheiro, esse é o meu ponto de vista.
 
Blog do Xarope- Prefeito, o que o senhor acha que falta para a campanha pelo “SIM 77” decolar?
 
Eraldo Pimenta- Nós precisamos é direcionar, agora que estamos na reta final, nos últimos dias, a campanha na região onde será instalado o Novo Estado. Na verdade não se trata da divisão do Pará, é uma soma de três novos Estados que terão representatividade política para brigar no Congresso, pedir melhorias de vida para o morador da região Oeste que há quase quarenta anos está sofrendo. Na realidade, em nossa região o Movimento pelo Plebiscito e criação do Novo Estado já decolou. Dificilmente você tem menos de 90% por cento de opiniões contrárias a criação do Novo Estado. Agora sobre o dinheiro investido em propaganda; uma peça publicitária como aquela que se vê na televisão, com certeza até o xaropinho faria bem melhor...Vamos ser sinceros, se temos que investir agora, na reta final de campanha  em carros som, em panfletagens, fazendo carreatas na capital, mostrando que a criação dos novos estados Tapajós e Carajás também será bom para eles, bom para o setor agrícola, empresário, indústria, enfim, para todo mundo.:“A campanha negativa do Não, não e não só serve para políticos que querem pegar votos “de intera” como eles fazem; “meu voto é da região Tal, mas” intero” com X votos em Uruará, em Rurópolis”; quer dizer nós ficamos sem representatividade, sem aquele político lutador, brigador pelas nossa micro regiões e regiões, principalmente em Uruará.
 
Blog do Xarope- Prefeito, como está sendo feito o trabalho pelo plebiscito no município de Uruará?
 
Eraldo Pimenta- A campanha pelo SIM está a todo vapor em Uruará. Há dois meses nós abrimos um Comitê Pró Tapajós no município. Inclusive nós temos equipes nas ruas distribuindo farto material, adesivos em todos os carros do Uruará.  Ou seja, os prefeitos estão fazendo sua parte. Agora resta saber para onde estão indo os nove milhões que disseram que está sendo investido. Se existe uma crítica, existe uma contra resposta nesse sentido; por que vamos pagar uma fortuna a uma pessoa quando se deveria estar gastando em material de campanha, de propaganda, mas lá em Belém. Essa é a realidade.
 
Blog do Xarope- Prefeito, ainda sobre o município de Uruará, o senhor tem resgatado alguns compromissos, no caso a situação da Pimentolândia, como está sendo desenvolvido?
 
Eraldo Pimenta- A Pimentolândia é um exemplo claro de que o Bem sempre vence o Mal, onde a verdade prevalece sobre a mentira. Houveram tantas denúncias, mas hoje os próprios moradores estão abismados; impressionados com a velocidade com que a obra está acontecendo. O grande sonho desses moradores era ter três ou quatro postes de energia para eles poderem puxar “gatos” pra suas casas, mas hoje eles vão poder contar com energia segura, firme e de alta tensão, casa pronta com água potável, uma diferença gritante.  Quanto á pessoas perversas, de coração mau, que não querem o desenvolvimento de Uruará não queriam que a obra fosse concluída.

Blog do Xarope- Como o senhor, que é o presidente do Consórcio Belo Monte, está vendo as críticas pesadas que existem contra o Consórcio Belo Monte?
 
Eraldo Pimenta- O Consórcio Belo Monte, na Barragem, poderá ser o resgate da dívida que o governo Federal deve há muitos anos a esta região. Será bom para todos, se for refletir, será bom para o Pará todo. Nós vamos ter oportunidade de mostrar que temos um Estado forte, que produz energia, que produz ferro, que tem a mineradora Vale do Rio Doce, onde só o lucro líquido da Vale em um ano foi de 30 bilhões de reais. E ainda dizem que Belo Monte é um absurdo!!! Belo Monte vai produzir energia dando equilíbrio energético para o Brasil por anos a fio, ou seja será altamente sustentável e uma energia limpa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário