quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Belterra: vereadores abrem CPI contra presidente da Câmara

Belterra: vereadores abrem CPI contra presidente da Câmara Belterra - Vereadores realizaram sessão sob protesto na Câmara Municipal de Belterra na manhã desta quarta-feira (28). No plenário os vereadores tentavam apresentar e votar o relatório de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que apura supostas irregularidades na Secretaria Municipal de Saúde do município e também excessos de poder do atual presidente da Câmara, Ademar Sanches.

Os vereadores questionam a legitimidade de Sanches, uma vez que a juíza da 8ª Vara cível de Santarém, Dra. Betânia de Figueiredo Pessoa concedeu uma liminar exigindo que o relatório da CPI fosse apresentado. O presidente recorreu ao Tribunal de Justiça do Pará e a desembargadora plantonista, Gleide Pereira de Moura suspendeu a decisão, mesmo com a revogação, os vereadores se reuniram, e realizaram a sessão apresentando o relatório e a votação.

Segundo a Policia militar cerca de 500 pessoas protestaram fora e nos corredores da Câmara. Alguns vereadores tentaram argumentar com o presidente da casa, que não aceitava ficar fora da mesa diretora.


Para garantir a segurança dos vereadores, a Policia militar precisou da ajuda do grupamento tático de Santarém.

Com a reunião retomada o relatório foi lido e apenas Sanches foi contra, apoiado pelos manifestantes impedidos de entrarem na Câmara municipal.

O prefeito de Belterra apoiou Sanches que teve os direitos de presidente do legislativo questionados pelos vereadores.
Manifestantes em frente a Câmara Municipal

Nenhum comentário:

Postar um comentário