quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

Fafá já rejeitou o Pará. ela não usava o nome de Belém.. tinha vergonha.

 
A campanha do Não em Belém se agarra na participação de artistas paraenses. Sem argumentos para convencer os eleitores, a propaganda parece mais um showmício. Alguns de renome nacional, a exemplo da atriz Dira Paes e a cantora Fafá de Belém. No papel democrático, as duas proclamam que ficar junto é melhor para todos. Destacam o favoritismo no slogan: Não e Não. Ninguém divide o Pará.
Nas redes sociais, o repúdio é grande à escolha das duas. Esse é o preço da exposição. Tudo bem, cada um tem o direito de escolher a que caminho seguir. Isso é a chamada democracia. Agora que as duas motivaram uma perseguição de muitos favoráveis à divisão, é evidente. Nessa busca de mostrar a falsidade da Fafá, encontraram que o amor de Fafá por Belém teve um período de divórcio. A cantora por um tempo teria retirado do nome artístico a palavra Belém. Período do auge de sucesso em Portugal. E agora, chora que sempre amou Belém e o Pará. É Fafá, quando não dá certo, é melhor separar.
Fonte: RG 15/O Impacto e Alciane Ayres

Nenhum comentário:

Postar um comentário