Gustavo se droga na presença do filho.
  O caso foi denunciado por uma vizinha de Gustavo que percebeu a fumaça e o forte odor da droga que exalava do apartamento que Gustavo silva morava em um prédio na avenida nova de Santana.
A mulher que faz parte do comissariado da infância comunicou o que acontecia ali para um colega seu, amilton farias que denunciou a policia militar e comunicou o fato ao promotor da infância e juventude. Gustavo silva foi detido em flagrante e encaminhado a seccional de policia civil.
Mesmo com o fim da propaganda na televisão e no rádio a frente pró Carajás pretende levar ao ar sua última mensagem aos eleitores. Em sessão no Tribunal Regional Eleitoral do Pará (TRE-Pa), na tarde de ontem, foram apreciados três mandados de segurança impetrados pela frente contra a decisão da juiza Vera Araújo de Souza, que indeferiu liminarmente um mandado de segurança anterior que contestava a decisão que suspendeu o programa da frente e concedeu direito de resposta ao governador Simão Jatene.