No Estado, de 1.050 ações, somente cinco foram julgadas, com 12 réus condenados

 O escândalo que assolou a Assembleia Legislativa do Pará (Alepa) durante o ano que está terminando fez com que o tema corrupção ganhasse, mais uma vez, os holofotes no cenário social. No caso da corrupção que se dá no seio da administração pública, a apropriação do dinheiro do contribuinte para fins pessoais revolta a sociedade, que espera ver punidos os responsáveis por fraudes e desvios de verbas. No entanto, nem sempre essa punição é, efetivamete, aplicada. No Pará, atualmente, tramitam na Justiça 1.050 ações de improbidade administrativa contra agentes públicos oferecidas pelo Ministério Público Estadual (MPE) e pelo Ministério Público Federal (MPF) -
 Na noite Sábado 17/12/11 por volta das 19 horas Policiais Militares do 15º Batalhão de Itaituba- Pará prenderam Geovanei Sousa Costa vulgo “Psiu”, ele foi preso pelos policias no Bairro de Santo Antônio em Itaituba, ele esta  sendo apontado de ter participado da fuga que resultou no capotamento de uma viatura da PM...