terça-feira, 17 de janeiro de 2012

Minha casa, meu voto?

No final de 2011, o governo federal divulgou as novas regras para a seleção de beneficiários do Programa Minha Casa, Minha Vida, financiado pela Caixa Econômica Federal(e que talvez la pelo ano de 2.500 chegue por aqui). As alterações, publicadas no Diário Oficial, visam a priorizar unidades para idosos e portadores de necessidades especiais.
              Segundo o novo texto, deverão ser reservados, no mínimo, 3% das unidades habitacionais para atendimento aos idosos. A mesma parcela será destinada a portadores de necessidades especiais e famílias de pessoas com deficiências. Para que sejam beneficiados, os candidatos devem estar cadastrados em bancos de dados destinados à habitação nos Estados, Distrito Federal e municípios do país.
              Também entre as mudanças está a retirada das normas de seleção a exigência de que os candidatos tivessem renda familiar mensal bruta limitada a R$ 1.395,00.
             Os critérios para a seleção dos candidatos continuam a priorizar, na ordem, pessoas que vivem em áreas de risco ou insalubres; famílias com mulheres responsáveis pela renda; famílias com pessoas com deficiência; e demais brasileiros.
             A nova portaria foi editada pelo Ministério das Cidades, responsável pelo programa de habitação. Ela revoga a de número 140, publicada em 6 de abril de 2010. Fonte:Blog do Colares

Nenhum comentário:

Postar um comentário