quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Caminhoneiros querem cobrar na Justiça prejuízos na Transamazônica



  Os caminhoneiros, que passam pela Transamazônica (BR-230), querem cobrar na Justiça os prejuízos causados aos veículos por causa das condições da rodovia. Os trabalhadores chegam a esperar até quatro dias para retomar a viagem em locais da via nas proximidades do rio Aripuanã, na cidade de Novo Aripuanã, a 227 Km de Manaus em linha reta.

As mercadorias transportadas para Apuí, a 453 Km da capital em linha reta, ficam paradas em atoleiros que se formam com o período chuvoso. Segundo o caminhoneiro, Jadson Clayton Santos Souza, os trabalhadores aguardam na fila o momento de seguir viagem. "Quem vai chegando vai enfileirando atrás. Vamos tentando. Quando passa o primeiro, vamos ajudando puxar os outros", afirmou.
fonte: G1







Nenhum comentário:

Postar um comentário