Enterrado vivo teve várias fraturas no rosto


O professor Anísio de Araújo Uchoa Filho, 50 anos, que, na semana passada foi agredido a pauladas, teve seus pertences roubados e foi enterrado vivo em uma estrada vicinal, na Transamazônica, que dá acesso ao município de Brasil Novo, passará por cirurgia no maxilar e no braço, segundo informou a família.
A vítima está internada no Hospital Regional de Altamira desde o dia do crime, na quinta-feira (9). Ele foi alvo de dois homens, sendo que um era conhecido dele. Anísio teve o carro, dinheiro, cartões de crédito e objetos de valor roubados. Os dois criminosos ainda tentaram matá-lo a pauladas em uma área de mata na rodovia Transamazônica.

O professor foi agredido a pauladas e jogado dentro de uma cova, tendo seu corpo coberto por terra, mas conseguiu sobreviver e buscar ajuda na delegacia local.
Fonte: ORM

0 comentários:

Postar um comentário