Polícia desarticula quadrilha que iria assaltar banco na região.

As investigações vinham ocorrendo desde 2011. A polícia investigava a quadrilha que assaltou um banco em Medicilândia e através de informações de informantes de Uruará que colaboravam com as investigações a polícia do Pará, especializada na repressão a roubo de banco, se dirigiu até o município de Uruará e conseguiu desarticular a quadrilha, frustrando o plano de assalto anunciado aos bancos de Uruará ou de Placas.
Na operação foi preso em flagrante Paulo Henrique Moreira Pinto, 19, residente em Altamira, ele estava em um veículo próximo ao acampamento do bando. Foi apreendido um rifle calibre 22 com quebre chama no cano e utiliza munição de AR 15, duas bananas de dinamite, 252 cartuchos intactos calibre 12, 12 munições calibre 556 intactas, três celulares, capuz, corda, lona, mantimentos, uma bússola, jaqueta do exercito, lona, 4 bolsas e um automóvel Volkswagen Voyage da cor preta que estava em posse do assaltante preso.Na delegacia de Uruará o assaltante preso foi autuado em flagrante por formação de bando, porte ilegal de arma de fogo e explosivos e será transferido para Belém. A operação foi realizada por policiais da Divisão de Repressão ao Crime Organizado, DRCO, Diretoria de Polícia Especializada, DPE e investigadores da polícia civil da DP de Uruará sob o comando do titular da delegacia de repressão a roubo a bancos, delegado André Costa, Unidade especializada da Polícia Civil do Pará vinculada à Diretoria de Polícia Especializada (DPE) cediada em Belém. De acordo com o delegado, a quadrilha é formada por pelo menos 6 integrante, todos de Altamira, Belém e Goiás. "As investigações continuam não só para identificar os outros integrantes, mas também para prendê-los", disse o delegado.
Na manhã de hoje, 07, várias viaturas da polícia civil e militar rondavam a cidade
Com Informações Policia Civil de Uruará e O Regional.

0 comentários:

Postar um comentário