Altamira: Policia Rodoviária Federal apreende mais de 25kg de OXI

Policiais Rodoviários Federais com a ajuda de policiais militares conseguiram prender um homem que transportava sozinho, mais de 25 quilos de OXI para Altamira.
 A prisão em flagrante de João Fernandes Muniz de 36 anos, é o final de uma investigação da PRF que já durava meses. O acusado não quis se defender.
 Toda a droga apreendida é OXI, que é derivada da planta coca, assim como a cocaína e o crack. A diferença entre está no modo de preparo. O reagente que foi colocado demorou a entrar na tonalidade azul o que mostra a ausência de pureza, mistura típica do OXI, outras duas quantidades de pó ainda foram apreendidos, eles servem de solvente para fazer a droga render. Para a polícia Rodoviária Federal João Fernandes ainda parou em Uruará.

A apreensão foi feita no Terminal Rodoviário de Altamira, duas sacolas foram usadas para o transporte, o traficante usou naftalina e pó de café para disfarçar o mal cheiro, graças a eficiência dos policiais a droga não foi repassado a usuários.



Foto: Felype Adms.
A droga pode ter vindo pela rota que começa em Manaus passa por Itaituba, parte segue para Santarém e outra parte vem para Altamira.





A interceptação dos entorpecentes quebra a corrente do tráfico na cidade e só as investigações podem chegar aos verdadeiros chefes da quadrilha, João Fernandes é o que os policias chamam de mula, ele recebeu R$4 mil reais para fazer o transporte da droga.



A diferença entre o crack e o oxi é que o crack leva amônia enquanto o oxi tem gasolina na composição. “Além disso, a produção do oxi é mais barata e ela é vendida pelo mesmo valor do crack”,O cheiro da droga é muito forte e sua agressividade no organismo dos usuários é muito mais rápida do que o crack
Por Felype Adms




0 comentários:

Postar um comentário