Homem é morto a facadas no garimpo.


 blogdojuniorribeiro - O crime aconteceu no Domingo, 04-02-12, por volta das 16h30min no km 104 da Rodovia Transgarimpeira, próximo a comunidade de Crepurizinho a cerca de 400 km do município de Itaituba. Segundo informações de testemunhas e dos policiais militares destacados na região, tudo começou na tarde de Domingo, quando vitima e homicida participavam de uma bebedeira na comunidade, depois de algum tempo, Claudinei Silva Oliveira, 31 anos e Marcio Rodrigues da Silva, 33 anos se desentenderam, pouco tempo depois; Claudinei que estava alcoolizado teria se aproximado de Marcio, e dado um tapa em seu rosto, de posse de uma pequena faca e teria ameaçado Marcio de morte, que também já estava bebido e portava também uma faca partiu para cima de Claudinei e desferiu 05 facadas, a vitima morreu na hora com perfurações por todo o corpo, a faca usada por Marcio quebrou devido à intensidade das facadas.


Marcio Rodrigues e Claudinei Silva (morto)
Arnoldo Sousa Gaspar, 31 anos, estava no local da confusão que resultou no homicídio, mas segundo informações não teria participado do crime. Ainda na noite de Domingo policiais militares prenderam Arnoldo e na manhã de Segunda Feira, 05, prenderam em flagrante Marcio, que ao ser detido confessou o crime, e disse a policia que se evadiu do local para não ser agredido por populares que se aglomeraram.

Os dois foram presos pelos Policiais Militares Cabo PM Nonato e soldado Almir. Realizadas as prisões, os militares saíram de Crepurizinho na manhã de terça e enfrentaram 400 km de estrada em péssimas condições para chegarem a Itaituba com os presos, foi preciso pegar 05 carros, eles saíram na viatura da PM, mas pouco tempo de viagem a mesma quebrou, e ai começou a mudança de veiculo, sempre pedindo carona a motoristas que passavam pelo local, chegaram a Itaituba às 19 horas de Terça Feira 06.

Já 19ª Seccional Urbana da Pólicia Civil Marcio reafirmou que já havia falado aos Policiais Militares, dizendo que matou por que foi esbofeteado e para não morrer; Arnoldo disse em depoimento estava no local, mas não participou do crime, apenas foi tentar ajudar. Todos os procedimentos estão sendo feitos pela Policia Civil, para posteriormente ser enviado a justiça.
Marcio Rodrigues (homicida) e Arnoldo Sousa.

Cabo PM Nonato e Soldado Almir.
Matéria Produzida por: Blog do Junior Ribeiro- (Itaituba-PA)

0 comentários:

Postar um comentário