terça-feira, 20 de março de 2012

Liberação da BR-163 em Trairão pode ocorrer nesta terça-feira



BR-163


Uma equipe formada por funcionários da Construtora Brasileira e Mineradora LTDA (CBEMI), representantes da empresa e deputados da região participam nesta terça-feira de uma reunião em Brasília, com o diretor geral do DNIT, com a proposta de buscar soluções para a liberação do tráfego na BR-163, no trecho localizado no Município de Trairão, Oeste do Pará.

No último final de semana os manifestantes liberaram a rodovia nos intervalos de 12 em 12 horas, após receberem a informação de que seriam recebidos em Brasília nesta terça-feira, pelo diretor do DNIT.

Desde o dia 13 deste mês, um trecho da BR-163, próximo ao município de Trairão está interditado por conta dos abandonos das obras que ocasionam as péssimas condições de tráfego, bem como atrasos nos pagamentos de funcionários e credores.

Revoltados com 07 meses de atrasos nos pagamentos, os funcionários da CBEMI, com auxilio de um trator e uma máquina da própria empresa interditaram a rodovia Cuiabá-Santarém.

Após a interdição da BR- 163, centenas de veículos se acumularam no perímetro de 3 quilômetros as margens da rodovia. Varias reuniões foram realizadas com a finalidade de resolver o problema de pagamento dos funcionários e credores, mas nada foi resolvido. Os manifestantes estão acampados em frente ao alojamento da construtora CBMI.

Segundo os manifestantes, a dívida da construtora CBEMI chega a R$ 5 milhões. Já a diretoria da CBEMI alega que a empresa ainda não recebeu o dinheiro do Governo Federal, através do DENIT. Por outro lado, a diretoria do DENIT disse que não deve mais nada a construtora.

Fonte: RG 15/O Impacto

Nenhum comentário:

Postar um comentário