MPF recomenda preservação de patrimônios em Fordlândia

MPF recomenda preservação de patrimônios em Fordlândia
Estrutura do antigo hospital
 O Ministério Público Federal (MPF) recebeu provas que a Prefeitura de Aveiro estaria autorizando a depredação do antigo hospital da vila de Fordlândia localizada no município. De acordo com o Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), a prefeitura também não preserva outros prédios, como o galpão do trapiche e as casas da Vila Americana, localizada em Fordlândia.

Essas denúncias levaram o procurador da República Marcel Brugnera Mesquita a encaminhar recomendação ao prefeito de Aveiro, Ranilson Araújo do Prado, estabelecendo prazo de 30 dias para que o município adote as medidas de preservação determinadas pelo Iphan. O prazo começa a valer assim que o prefeito for oficialmente notificado.

O município de Aveiro havia se comprometido a preservar os prédios, assinando acordo com o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) das Cidades Históricas.

Caso a prefeitura não responda à recomendação ou não adote as medidas recomendadas, o MPF pode tomar iniciativas administrativas e judiciais para garantir a preservação do patrimônio histórico e para punir os responsáveis por eventuais danos materiais e/ou morais cometidos pela administração municipal.

A depredação

No final do mês de fevereiro, moradores da vila denunciaram que pessoas autorizadas pelo prefeito de Aveiro estavam fazendo a retirada ilegal de materiais do antigo hospital. Revoltados com a situação, eles enviaram ao Ministério Público um abaixo-assinado na tentativa de denunciar e obter explicações.

A ação gerou polêmica na região e chegou aos ouvidos do cineasta Marinho de Andrade, diretor do documentário que abordou a vila como tema.

Com a finalidade de preservar e defender o patrimônio, Marinho entrou em contato com a direção do Iphan e solicitou que providências fossem tomadas para evitar os danos. “Tenho o maior carinho por aquele lugar e pelas pessoas que querem preservar esta história , por favor , tome alguma providência." , escreveu Marinho no e-mail.

Hospital de Fordlândia destelhado

A vila

Nos anos 30, o fundador da Ford Motors, Henry Ford, teve a ideia de transformar a Amazônia em um centro de produção de borracha para suprir o mercado americano. Construiu uma cidade, Fordlândia, hoje distrito do município de Aveiro, no Pará. A cidade chegou a ter fábricas, restaurantes, praças, cinemas, dormitórios e funcionários, mas o projeto não deu certo. Devido ao descaso do poder público, os edifícios que sobraram como testemunhas da história passaram a ser condenados.


Fonte: NOTAPAJOS Com informações de MPF

0 comentários:

Postar um comentário