quinta-feira, 29 de março de 2012

Termina prazo para que o PCCR da educação chegue a câmara.



Peninha e Isaque - divergência de opiniões 
 Hoje é a data final do acordo, para que a prefeitura conclua e encaminhe a câmara municipal, o projeto do PCCR da educação, o prazo de vinte e cinco dias, a contar do dia 5 de março, foi concedido após um acordo firmado na justiça, o que provocou a suspensão da greve deflagrada pelo sindicato dos profissionais da educação, o sintepp, que grevaram por discordar do primeiro projeto levado para ser votado no legislativo.

 No acordo firmado o juiz Gleucival Estevão foi que sugeriu o prazo para que a procuradoria do município realizasse as adequações necessárias para colocar um ponto final no impasse.
 Ate o final do expediente de ontem que encerrou as 14 horas o projeto não havia sido protocolado na secretaria da câmara municipal se o documento não for encaminhado hoje a greve do sindicato poderá ser retomada, por isso existe a expectativa o documento chega ou não até o final do expediente de hoje.
 Os sindicalistas também reclamam  que não foram consultados a respeito dos pontos que deverão ser alterados no projeto de acordo com as reivindicações da categoria, mas segundo o procurador geral do município Eliezer soares, ontem durante todo o dia a equipe técnica da semed e os procuradores estiveram reunidos, para ajustar os últimos detalhes do projeto, que deve sim, ser encaminhado ainda hoje para a câmara municipal.

 Eliezer soares também comentou o fato das criticas do sintepp, que não teria sido consultado, comentou também se o documento a ser encaminhado seria idêntico ao que foi retirado de pauta no legislativo em dezembro ou se sofreu alterações. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário