Fátima Leite nega desvio de verbas da ASGRUFUCITA.


  Na entrevista dada na tarde de ontem Fátima leite rebateu as acusações feitas pelo vereador peninha nos meios de comunicação. O vereador alegou que a escola moranguinho, de propriedade da professora, estaria recebendo recursos públicos indevidamente por que esta desativada desde o ano de 2010.   Fátima rebateu dizendo que realmente recebeu o recurso, mas mostrou documentos da devolução de quase 30 mil reais recebidos do governo. Fátima leite mostrou varias notas fiscais que comprovariam a aplicação dos recursos e disse que não foi leviana quanto ao recebimento de dinheiro publico.  

  Outra grave denuncia feita na câmara diz respeito a recursos recebidos pela ASGRUFICITA, entidade que recebeu nos últimos anos quase 500 mil reais em recursos federais estaduais. Peninha questionou a aplicação do recurso, e disse que entidade ainda recebe recursos sem estar apta. Quanto a esta denuncia a diretora da ASGRUFUCITA disse que as prestações de contas estão em dia, segundo ela o fato da entidade estar na lista irregular do CGU se dá pelo fato entraves burocráticos.
 As ASGRUFUCITA foi criada no ano  de 2008 , seus primeiros projetos foram na área de informática, corte costura e um ligado ao esporte e lazer. Recebeu diversos recursos destinados a eventos locais. Fátima alega que todos estes recurso foram aplicados com a existência de comprovantes legais e a entidade esteve inativa devido a um tratamento de saúde feito por ela. Segundo Fátima o interesse é retomar o trabalhos e continuar a desenvolver projetos que beneficiem a comunidade.

0 comentários:

Postar um comentário