sábado, 28 de abril de 2012

Mãe de Uruará confessa que jogou criança no poço.


 Em depoimento a policia, a mãe do bebê, Cristiane Santos Fantin, confessa ao delegado que jogou o filho Gabriel Fantin Pagotto no poço. Segundo ela, desde o inicio da gestação, percebeu que o pai não queria a criança, pois achava que não era dele, mas ela só teve a idéia de jogar a criança, na manha do ocorrido. 





Ela ainda informou que tentou jogar durante o dia, mas não teve coragem. A noite, quando faltou energia, ela aproveitou a oportunidade, enquanto a irmã da dona da casa estava no banheiro e, jogou a criança no poço. Disse ainda que após jogar o filho, arrependeu-se, mas já era tarde.


Cristiane Fantin será conduzida à Altamira e será encaminha para exames, tratamentos psicológicos e presa. Outros parentes, além de vizinhos ainda continuam em depoimento.


Por: Cirineu Santos
Foto: Uruará em Foco


Mais sobre o Bebê de Uruará



Reações: 



Uruará PA 


Nesta semana a região da transamazônica e todo o Oeste do Pará ficou surpreso com a notícia de que uma criança havia sido raptada de dentro de uma residencia. Milhares de pessoas se organizaram junto com a imprensa regional para encontrar o pequeno Gabriel de 3 dias de vida. Emissoras de TV, rádios, jornais impressos, sites, portais de notícias, blogs fizeram a divulgação do fato ocorrido em Uruará para mais de meio milhão de pessoas, e ainda a nível nacional, algumas pistas chegaram a ser apontadas pela família. E neste sábado um desfecho triste para o caso. A matéria a seguir é de Valdecyr Mecca morador e blogueiro da cidade.


Depois de 67 horas de procura a polícia voltou ao local do ocorrido por voltas das 13h deste sábado e ao vasculhar um poço que há próxima a casa a polícia encontrou o bebê dentro do poço em estado de putrificação. De acordo com o delegado a principal suspeita de ter jogado o recém-nascido no poço é a própria mãe durante o estado de puerperal no estresse pós-parto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário