terça-feira, 26 de junho de 2012

Empresários sonegadores são pegos de surpresa por fiscalização da SEFFA E MP

 Os auditores da SEFA vistoriaram empresas de diversos seguimentos no municipio a pedido do ministério publico estadual. A equipe de 11 pessoas, sendo 7 da capital averiguou o sistema de missão de notas ao consumidor e constatou irregularidades em todas as empresas visitadas. Em uma delas a maquina de impressão não tinha lacre, em outras apenas 25% dos caixas registrava as operações. A fiscalização foi solicitada pela pelo promotor Claudio Bueno, que vinha constatando que as empresas não cumpriam o que a legislação fiscal obriga.

  Os fiscais da SEFA confiscaram notas e equipamentos de registro de caixa, alguns estabelecimentos foram notificados outros ainda serão punidos.  O que mais preocupou o promotor da vara fiscal e tributaria da capital Dr. Francisco Lausin, foi grande numero de irregularidades que foram constatadas no municipio. Ele também destacou que o escritório local da SEFA não constatou tal situação.
  OS promotores destacaram que o próprio consumidor deve fiscalizar e exigir a nota fiscal ou cupom da compra para que os tributos sejam cobrados e retornem a comunidade em forma de investimento.

Um comentário:

  1. Excelente Trabalho do Promotor, está de Parabéns.
    Alguns dias atras, a Midia noticiou o afastamento da Sra Socorro do Ministerio do Trabalho, por estar fazendo um serviço que desagradava a população.... Errado. Na verdade a dona Socorro desagradava a Classe empresarial, os Empregadores, que estavam acostumados a desrespeitarem os direitos dos trabalhadores, e ela fazia cumprir a LEi à RISCA. Isso causou descontentamento da classe empresarial, que logo procurou sua classe e com certeza com dedo politico afastou esta funcionaria exemplar. Infelizmente a classe Trabalhadora perdeu, e ninguem falou nada sobre isso; É muito facil querer cobrar beneficios a seu favor, agora quero ver trazer beneficios para uma coletividade. A prova está aí. Obrigado Promotor Francisco Lausin. Agora a pergunta que não cala, e ao mesmo tempo não se propaga: PORQUE NÃO EXISTGE PROCON EM ITAITUBA????? falta de interesse Politico, pois estes são certamente apadrinhados pelos Empresarios.

    EMerson Brito

    ResponderExcluir