domingo, 17 de junho de 2012

Operação Faroeste – Osmando é inocentado pela Justiça


Em 2004, a Polícia Federal, através da Operação Faroeste, efetuou a prisão de várias pessoas, em Santarém, entre elas profissionais liberais, empresários e políticos, sob acusação de serem partes integrantes de uma mega quadrilha de grileiros de terras. O advogado e hoje pré-candidato do PDT a prefeito de Santarém, Osmando Figueiredo, estava entre os que foram presos.

“Por causa de perseguição de um Delegado da Polícia Federal, que seguia ordens de uma outra Delegada, eu fui indiciado, denunciado pelo Ministério Público Federal e preso”, diz Osmando Figueiredo, lembrando que passou sete anos respondendo, por  “um processo injusto, sem nenhuma culpa”, justificou o advogado.

Na manhã de sexta feira, 15, a Justiça Federal resolveu pela absolvição do advogado: “Felizmente a correção desta perseguição e desta injustiça foi feita através de uma magistrada federal”. Osmando Figueiredo foi absolvido por total falta de provas nesse processo. “O que resta agora é levar ao conhecimento da sociedade santarena e ir buscar na União um reparo da minha imagem, tanto contra o Estado, como contra essas autoridades que irresponsavelmente me indiciaram por despeito e perseguição política”, desabafou Osmando Figueiredo.
Por: RG 15/ O Impacto e Carlos Cruz

Nenhum comentário:

Postar um comentário