quinta-feira, 5 de julho de 2012

Estado vai eleger 1,6 mil vereadores em outubro, diz estudo


O Pará deve eleger nas eleições municipais de 2012, pelo menos 270 vereadores em relação às eleições municipais de 2008, quando foram eleitos em todo o estado 1.361, ou seja, cerca de 1,6 mil. Os dados são do levantamento da Confederação Nacional de Municípios (CNM), divulgado ontem. A pesquisa foi feita em 109 dos 143 municípios do Estado. Considerando somente essas cidades, o aumento das cadeiras nas câmaras municipais é de 23,2% - de 1.061 vereadores eleitos em 2008, passa a ser de 1.308 em 2012.


Em todo o País, os 5.563 municípios vão eleger 5.070 novos vereadores na comparação com a última eleição municipal. Em 2008, foram eleitos em todo o País 51.748 vereadores e, em outubro, o Brasil elegerá 56.810 vereadores. O aumento de cadeiras está amparado na mudança do total da população registrado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), na estimativa publicada em 31 de agosto de 2011. As novas vagas foram criada com base na Emenda Constitucional 58 que permite a criação ou redução do número de cadeiras nas câmaras, através de mudanças na Lei Orgânica Municipal (LOM). O prazo para aumentar as vagas acabou em 30 de junho.


No estudo, o presidente da CNM, Paulo Ziulkoski afirma que, segundo a estimativa populacional do IBGE, os municípios com mudanças populacionais poderiam criar até um total de 8.036 novas cadeiras, o que elevaria o número final para 59.764. No Pará, esse número total pode chegar a 1.811 vereadores, cerca de 33,1% superior a quantidade de vereadores eleitos em 2008. Segundo Ziulkoski, a CNM ainda está avaliando o custo desse incremento de 450 vagas de vereadores no Pará e de cinco no Brasil.Fonte: O Liberal

Nenhum comentário:

Postar um comentário