terça-feira, 10 de julho de 2012

Jatene recebe índios Munduruku de Jacareacanga

  O governador Simão Jatene vai receber na manhã desta quarta-feira (11) as lideranças indígenas da etnia Munduruku, no Comando Geral da Polícia Militar, em Belém. Na última semana, os índios fizeram uma manifestação no município de Jacareacanga, no sudoeste paraense. O encontro, a construção de uma Unidade Integrada Pro Paz, o aumento do efetivo da PM e a intensificação das investigações sobre o assassinato do índio Leo Akay Munduruku foram assegurados pelo secretario de Estado de Segurança Pública e Defesa Social, Luiz Fernandes Rocha, durante as negociações com os indígenas, a fim de restabelecer a ordem na cidade.

Na audiência, Jatene dialogará com as lideranças sobre as reclamações que os levaram a depredar o quartel da PM no município. A pauta será apresentada pela comissão de indígenas ao governador, conforme foi acordado entre Luiz Fernandes e os mundurukus. Durante as negociações, os indígenas pediram a construção imediata de uma delegacia na cidade, mas o secretário informou que o governo já decidira pela construção da Unidade Pro Paz, que além do efetivo policial oferece à população ações nas áreas de educação e cidadania.

O governo do Estado também já assegurou aos indígenas o reforço policial em Jacareacanga. Após o episódio, um efetivo do Comando de Missões Especiais permaneceu na cidade para uma série de ações destinadas ao combate à criminalidade e à restauração da ordem, como a instalação de barreiras, incursões, fiscalizações em bares e locais de festas e combate ao tráfico de entorpecentes. Luiz Fernandes também assegurou celeridade na apuração do homicídio de Léo Munduruku. A liberação de dois acusados pelo crime, por falta de provas, teria motivado os indígenas a realizarem a manifestação. (Agência Pará)

Nenhum comentário:

Postar um comentário