quarta-feira, 29 de agosto de 2012

TCE criará Núcleo em Santarém

Deputado Nélio Aguiar
A iniciativa do Tribunal de Contas do Estado (TCE) de levar à Santarém o Fórum que aproxima o TCE da comunidade levou o deputado Nélio Aguiar (PMN) a dar entrada, neste terça-feira, dia 28, à Moção com votos de aplausos ao presidente do Tribunal, Cipriano Sabino. O Fórum é realizado há cinco anos e já capacitou cerca de 6 mil jurisdicionados em Belém e interior.
A ida do Fórum ao Oeste do Pará faz parte do Programa de Interiorização e teve como tema: “Conversando com o Controle Interno e Jurisdicionados”.
O evento foi realizado o dia 23 de agosto no Auditório do Barrudada Tropical Hotel, reunindo mais de 600 pessoas de Santarém e vários municípios da região Oeste. “O programa pioneiro, sem dúvida ficou para a história do TCE, superou expectativas pelos relevantes temas e, principalmente se tornou uma grande ferramenta a ser utilizada pelos jurisdicionados na prestação de contas correta dos gastos do dinheiro público”, disse o parlamentar.
O vice-governador do Estado participou do encontro, que levou a Santarém também o coordenador do evento e corregedor do Tribunal, Conselheiro Ivan Cunha, além dos conselheiros Luís Cunha (vice-presidente), André Dias e da Conselheira, Lourdes Lima.
Dentre os vários temas importantes, destacou-se a “Prestação de Contas sem Mistérios”, com o objetivo de comprovar o correto uso do dinheiro público, tema este abordado pelo  Dr. Antônio Maria Cavalcante, Procurador Geral do Ministério Público de Contas do Estado do Pará, “Improbidade Administrativa”; “Fundamentos de licitações e Contratos Administrativos”, entre outros.
Descentralização: Durante o Fórum, o presidente do TCE, Cipriano Sabino, anunciou a criação de um Núcleo do Tribunal de Contas do Estado em Santarém, para estar mais próximo e mais presente na região Oeste do Pará, possibilitando assim o melhor atendimento na orientação e nos protocolos dos processos de prestação de contas das prefeituras da região. “Parabenizo o Presidente Cipriano Sabino por essa importante decisão de descentralização administrativa, pois o povo do Oeste do Pará, historicamente, sofre com a ausência de diversos órgãos do Estado e da União na nossa região”, pontuou Nélio.
Fonte: RG 15/O Impacto e Kátia Aguiar

Nenhum comentário:

Postar um comentário