terça-feira, 4 de setembro de 2012

Força-tarefa é criada para reduzir o desmatamento na região

Força-tarefa é criada para reduzir o desmatamento na região  Os governos federal e estadual unem forças em uma grande operação de fiscalização no oeste do Pará para combater o desmatamento na região. A ação, coordenada pelo Programa Municípios Verdes, já conseguiu apreender equipamentos e multar os responsáveis por diversos focos de incêndio. Além disso, várias áreas embargadas e trabalhadores que estavam em condições degradantes foram libertados. Nas próximas semanas, novas medidas de repressão serão anunciadas.


A ação objetiva reduzir o desmatamento na região, que, segundo boletim do Programa Municípios Verdes – tendo como base leituras feitas pelo Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon) por meio do Sistema de Alerta ao Desmatamento –, avançou em julho deste ano. No Pará, os focos estão concentrados em áreas federais (unidades de conservação e assentamentos). Nas áreas privadas e estaduais, o desmatamento segue em baixa.

Segundo o boletim, o súbito aumento do desmatamento no oeste do Pará deve-se a atividades que têm como característica o avanço sobre áreas públicas para formação de novas fazendas nas regiões de fronteira da expansão econômica. Percebe-se também que o rastro do desmatamento segue próximo à rodovia BR-163, que atravessa áreas de unidade de conservação e assentamentos.



A rodovia está sendo asfaltada, o que pode facilitar o acesso de novas áreas para desmatamento. As equipes de campo apontam como principal fator do crescimento do desmatamento a expectativa de redução das unidades de conservação, criadas a partir da discussão em torno dos limites da Floresta Nacional (Flona) Jamanxim, área que, juntamente com a Flona Altamira, foi uma das mais desmatadas em julho deste ano.

Fonte: Agência Pará

Nenhum comentário:

Postar um comentário