quinta-feira, 20 de setembro de 2012

Polícia de Rurópolis prende homem acusado de estupro

Robson de Carvalho
Robson Alencar de Carvalho, de 28 anos, está preso em Rurópolis, Oeste do Pará, por crime de estupro de vulnerável. Braçal de profissão e nascido na cidade de Itaituba, no Pará, ele foi acusado de ter abusado sexualmente, na zona rural do município, de uma adolescente de 13 anos. O pai da vítima denunciou os fatos à Polícia. Segundo ele, no último dia 11, por volta das 12 horas, ao chegar em casa com sua esposa, mãe da adolescente, encontrou um bilhete escrito pela filha no qual ela relatava que havia fugido de casa. Assim, ele e a mulher passaram a procurar pela jovem na vizinhança até que um homem lhe disse que viu a menina, às proximidades do terminal rodoviário, em companhia de um homem desconhecido.
A adolescente carregava uma mala nas mãos. No entanto, ela não foi mais encontrada no local. Dessa forma, os pais da vítima foram até a Delegacia da Polícia Civil, onde comunicaram os fatos ao delegado Ariosnaldo da Silva Vital Filho.
A equipe policial passou a fazer buscas e informar a população sobre o desaparecimento da menina. A foto dela chegou a ser divulgada na internet a pedido dos próprios pais. Após denúncias de populares, uma guarnição da Polícia Militar foi até a Comunidade de Divinópolis, para apurar informação de que a adolescente estava na casa do acusado. Durante a busca no imóvel, os policiais militares confirmaram que se tratava da adolescente e, assim, conduziram o dono da casa, Robson Carvalho, até a Delegacia para prestar esclarecimentos. Ao delegado, na presença de representantes do Conselho Tutelar, a adolescente afirmou que conheceu, um dia antes da fuga, Robson em via pública, próximo de sua casa.
Ainda, segundo ela, durante uma conversa, ela alega ter decidido fugir de casa com o acusado. Robson, por sua vez, disse ter combinado com a adolescente que ela iria ficar na casa de familiares dele, na Comunidade Divinópolis. Assim a adolescente decidiu escrever o bilhete informando aos pais sobre a fuga. Ainda, em depoimento, a adolescente afirmou ter mantido relações sexuais com o acusado. O braçal acrescentou que, após conhecer a adolescente, ela teria passado a lhe enviar mensagens telefônicas dizendo que queria namorá-lo.
No último dia 11, os dois se encontraram, perto da casa dela, e combinaram a fuga. Ele conta ainda, que nesse dia, os dois pegaram uma carona de um caminhão e foram para casa da tia do acusado, onde se hospedaram e passaram a manter relações sexuais. Ele afirmou que a ideia era fugir para outro município com a adolescente. Robson alegou ser separado e que possui filhos.
Fonte: Diário do Pará

Nenhum comentário:

Postar um comentário