domingo, 4 de novembro de 2012

MORTE EM ALTER DO CHÃO: JÉSSICA ERA O PRINCIPAL ALVO DOS CRIMINOSOS



Ainda envolto em mistério, a morte Mauro Luís Borges dos Santos, 30 anos, e Jéssica Gomes Campos, de 18 anos, é um daqueles crimes que desafiam a polícia. Mais de dez dias depois do duplo homicídio que chocou a sociedade santarena e tirou o sossego dos moradores de Alter do Chão, os autores dessa barbárie ainda não foram identificados.


A família de Mauro clama por justiça. Parentes e amigos do rapaz não se conformam com a forma brutal com que ele foi assassinado.

Mauro foi uma vítima inocente deste crime atroz pelo que apurou o blog Quarto Poder.

Para amigos e familiares do rapaz, foi um crime encomendado, onde a jovem Jéssica era o principal alvo dos criminosos.

De acordo com apurações feitas pelo blog, em Manaus, a jovem Jéssica estava sofrendo ameaças de morte. Ela já chegou a Santarém temendo pelo pior.

Uma possível gravidez talvez tenha sido o motivo de sua morte bárbara.

A gravidez, porém, não é confirmada pela polícia, que aguarda o resultado do laudo do Centro de Perícias Científicas Renato Chaves para detalhar a morte das vítimas.

Jéssica foi estuprada, estrangulada e ainda recebeu um tiro na testa.

A possibilidade de crime passional não está descartada pela polícia, porém, nenhum indício foi encontrado ainda para confirmar essa tese.

O silêncio dos moradores de Alter do Chão também dificulta as investigações policiais, já que ninguém repassa informações que possam ajudar na identificação dos assassinos de Mauro e Jéssica.

O Núcleo de Apoio à Investigação (NAI), sob o comando do delegado Silvio Birro, está à frente das investigações deste crime covarde.Fonte: Blog Quarto Poder

Nenhum comentário:

Postar um comentário