Nova praça embeleza fordlandia
nova escadaria da igreja
 O distrito de Fordlandia é um bonito ponto turístico as margens do rio tapajós, a arquitetura construídas na década de 70, ainda hoje é um atrativo para quem visita o lugar, que ganhou mais embelezamento, uma praça, que recebeu o nome de frei Miguel langue, construída com recursos municipais e que retrata a época áurea da exploração da borracha na região.
Uma ação ordinária com pedido de tutela antecipada movida pelo prefeito Valmir Climaco tramita na primeira vara civil da comarca de Itaituba. A ação pede o fechamento da Radio Alternativa FM por tempo indeterminado ou a suspensão do programa A Voz do SINTEPP que é apresentado pelo coordenador do sindicato Isaac Dias Rodrigues.
O argumento usado pelo advogado do prefeito é que a Rádio Alternativa por se tratar de um veiculo comunitário não pode usar a sua grade de programação para veicular programa com conteúdo de política partidária ou difamatório. No seu despacho o juiz Gleucival Estevão indeferiu o pedido de tutela antecipada, mas o processo segue sua tramitação na justiça.
veja abaixo o despacho do Juiz
fonte:portaltapajoara 

 Moradores do projeto minha casa minha vida  estão pagando caro pela energia.  Em muitas residências o valor cobrado é 6 vezes maior que a parcela das casas.
 A primeira conta de energia dos moradores do projeto habitacional foi um verdadeiro susto. Varias pessoas terão que desembolsar ate 400 reais para ter energia. o próprio presidente da comunidade recebeu uma fatura de mais de 300 reais e alega que não param de chegar reclamações de moradores que estão na mesma situação.

 O carro que havia passado por uma revisão elétrica estava estacionado nesse terreno nos fundos da secretaria municipal de educação, misteriosamente na tarde desta segunda feira o veiculo Fiat estrada pegou fogo.
 O corpo de bombeiros foi acionado, mas ao chegar no local  já era muito tarde, o veiculo estava  em chamas e apesar do esforço dos militares houve perda total.

Nesta segunda-feira (28/05), a Polícia Militar no comando do Cabo Lira e os auxiliares, Cabo Verenildo, Cabo Arlindo e Soldado Rafael, faziam a revista de praxe na divisa do Pará com o Mato Grosso e ao revistar a poltrona 17, não havia ninguém sentado na mesma, então o Comandante da guarnição resolveu revistar assim mesmo. 

Havia duas mochilas ao lado da poltrona, a primeira o Cabo afirmou que estava pesada, então abriu e encontrou cerca de três quilos de maconha em tabletes prensados.


 No último Sábado (25), a Polícia Militar de Placas, sob o comando do Cabo Evanjo e auxiliar Soldado Erasmo realizaram a prisão por Tráfico de Entorpecentes do nacional Silvio da Silva, o qual portava 11 kg de Maconha "CANNABIS SATIVA", no interior do Bar da Sandra localizado naquele Município.

Na segunda metade do século passado, graças ao seu inegável potencial aurífero, Itaituba se destacou no cenário nacional e mundial com sua relevante produção de ouro. Os milhares de garimpos existentes pela imensa região do Tapajós provocou um fluxo migratório sem precedentes para nossa economia. Somente na década de 50 foram cerca de 500 toneladas de ouro. Esse período áureo do chamado “bamburro” arrefeceu, mas ultimamente Itaituba vem ganhando contornos de incrementos nessa economia com a entrada de empresas exploradoras em potencial.

Não é possível que toda uma região seja prejudicada por falta de serviço que deveria ser prestado com o mínimo de profissionalismo, mas que deixa a desejar, como é o caso das Operadoras de telefone celular, Tim e Vivo, que atuam na região Oeste do Pará, bem como o sinal da internet, não importa se a Banda é A, B ou C, ou Larga. O que dá a entender e parece constar é que a região Oeste do Pará é servida pela Banda podre da rede mundial de computadores, da Banda Estreita que não sai nem da ilharga, muito menos com condições de ligar nada com lugar nenhum.
Terceira maior companhia aérea do Brasil, a novata Azul anuncia nesta segunda-feira a fusão de suas operações com a Trip, diminuindo a distância que a separa das duas líderes do mercado doméstico de aviação, TAM e a Gol. Com a união, a nova empresa, que deve continuar operando sob a bandeira Azul passará a deter cerca de 15% de participação nos voos domésticos, contra 38% da TAM e 34,4% da Gol, segundo dados da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) relativos ao mês de março.