O jornalista Diego Mota decidiu lançar-se em novos desafios, encarando a dureza de disputar uma cadeira na Câmara Municipal de Itaituba na eleição do dia 7 de outubro. Para desincompatibilizar-se, cumprindo exigências da legislação eleitoral, ele deixou a presidência da Associação dos Profissionais de Imprensa (API) há poucos dias, cargo no qual se destacou como um dos mais atuantes presidentes que já passaram pela associação. Ele falou ao Jornal do Comércio sobre essa nova etapa de sua vida.
JC – O que lhe motivou a tomar essa decisão de ser pré-candidato a vereador?


Diego – Acompanhando os bastidores da política como profissional da imprensa, e vivendo a realidade do município, a gente se sensibilizou com o sofrimento de boa parte da população. Mas, o fator determinante, mesmo, foi minha participação efetiva na luta pela criação do estado do Tapajós, que foi um momento de grande efervescência política em prol de toda uma grande comunidade. Naquele momento a gente percebeu o quanto nossos políticos são descompromissados, o quanto eles olham apenas para seu próprio umbigo e o tanto que eles se preocupam apenas com seus interesses pessoais.
Foi preso nesta tarde de Quinta Feira dia 21 o cidadão JOSÉ JANS RIBEIRO Conhecido por (NEGÂO) de 54 anos, acusado de Latrocínio (Roubo seguido de morte). Negão e acusado de assassinar em 1988, Antonio Miguel dos Santos que trabalhava de Taxista na cidade de Cuiabá no Mato Grosso.
 Segundo a denuncia do Ministério Publico da cidade de Cuiabá o acusado assassinou o taxista com 02 tiros na cabeça, depois de simular uma corrida o mesmo sacou de uma arma, executou a vitima e empreendeu fuga com o veiculo um Santana de placa TX-0239. Segundo a denúncia do MP ate o revolver usado no crime o acusado tinha furtado dias antes de colocar em pratica o crime.  

O município de Santarém, localizado na região Oeste do Pará, comemora 351 anos de fundação nesta sexta-feira (22). A reportagem conversou com os historiadores Cristovan Sena e Anselmo Colares que colecionam fotos antigas, nas quais estão registrados momentos da cidade. Para eles, esse material auxilia no entendimento do presente, permitindo uma reflexão sobre as mudanças vividas na sociedade santarena.