quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

Estado vai parar garimpagem no Tapajós

  Depois de visitar várias áreas de garimpagem localizadas no Tapajós, principalmente nos rios Jamanxim, Crepuri, Água Branca e Tocantinzinho, afluentes do Rio Tapajós, o Secretário Estadual de Meio Ambiente, José Colares anunciou que vai determinar a paralização das atividades de garimpagem com as maquinas conhecidas como PC e de balsas o draga nos leitos desses pequenos rios. A medida também vai servir para a proibição da extração de ouro com esses equipamentos nos rios Marupá, Pacu, Aruri e outros afluentes do Rio Tapajós.
Será dado o prazo de 30 dias para que os proprietários de balsa e PC retirem seus equipamentos do leito desses rios. Enquanto isto, Colares solicitou das cooperativas, sindicatos, associação de garimpeiros que apresentem até 6ª feira, propostas para que haja o ordenamento das atividades de garimpagem no Rio Tapajós e nas outras áreas de terra firme. Com isso o Secretário que dividir a responsabilidade de atividade garimpeira com a sociedade, principalmente a categoria envolvida na extração de ouro e diamante na região.
As propostas apresentadas pelos garimpeiros, após analises pelos técnicos, será transformada em uma Instrução Normativa, num TAC-Termo de Ajuste de Conduta ou até mesmo num Decreto Estadual colocando um ordenamento na atividade garimpeira do Tapajós.
blog do peninha 

Nenhum comentário:

Postar um comentário