sábado, 9 de março de 2013

Taxista é barbaramente assassinado em Santarém


Corpo de Antonio Vicente Filho foi encontrado perto de uma plantação de soja
Um Crime, com característica de assalto seguido de morte, pode ter vitimado o taxista Antonio Vicente Filho, 58 anos de idade, que residia no bairro da Conquista, na Grande Área do Santarenzinho, na periferia de Santarém, Oeste do Pará. O crime pode ter ocorrido na noite de quarta-feira, dia 6, ou na madrugada de quinta-feira, dia 7, segundo o delegado de Policia da cidade de Mojui dos Campos, Djalma Pereira, que apura o caso juntamente com o delegado Jardel Guimarães, da Seccional de Polícia Civil de Santarém, onde o crime foi registrado.
No final da manhã desta sexta-feira o corpo de Antonio Vicente foi encontrado por um agricultor ao lado de um plantio de soja, em um terreno que pertence ao empresário Toni Filder, na comunidade Palhal, entre a BR 163 (rodovia Santarém- Cuiabá) e a cidade de Mojuí dos Campos. O agricultor comunicou o caso à Polícia de Mojui dos Campos, que entrou em contato com a Polícia de Santarém. Os familiares do taxista foram levados ao local e reconheceram o corpo do taxista que fazia ponto em frente o Terminal Rodoviário de Santarém ou no ponto do cruzamento da Avenida Cuiabá com a Rua Tancredo. Informações de Luís Vicente Lima, funcionário do 8º BEC e irmão da vítima, dão conta que o taxista saiu de casa na 4ª feira à tarde para fazer uma corrida até a cidade de Belterra, que fica à margem da rodovia Santarém-Cuiabá. Por volta de uma hora da madrugada de quinta-feira a família resolveu ligar para o celular de Antonio e não conseguiu mais contato. Na manhã desta sexta-feira, a esposa e uma das filhas de Antonio Vicente foram até a seccional de Polícia, para registrar um BO sobre seu desaparecimento. Antonio foi motorista de ônibus na empresa Alter do Chão antes de entrar no serviço de taxista. O corpo foi levado na tarde desta sexta-feira, dia 08, para o IML de Santarém e o sepultamento acontecerá no sábado. O Sindicato dos Taxistas de Santarém vai pedir ao delegado Nelson Silva, diretor da Seccional de Polícia Civil de Santarém, todo o empenho da Polícia para que o caso seja esclarecido e os culpados presos.  Fonte: RG 15/O Impacto, com fotos de Bena Santana

Nenhum comentário:

Postar um comentário