Polícia prende autor de duplo homicídio em M. Ameida




O duplo homicídio ocorreu no último dia 20, no distrito de Moraes Almeida, distante 300 quilômetros do centro de Itaituba. As suspeitas são de que o crime teria tido motivação passional. O acusado fugiu do local. O carro dele foi localizado e apreendido horas depois, por policiais civis da região. Um pedido de prisão temporária foi requerido pelo delegado José Bezerra, de Itaituba.

Segundo o delegado Napoleão, que é diretor da 19ª Seccional Urbana de Itaituba, o acusado confessou o crime. Em depoimento, Regelin alegou que, na noite das mortes, por volta de 23 horas, teria flagrado em casa um homem moreno, cujo nome afirma desconhecer, vestido apenas de shorts, ao lado da esposa, que estava seminua. Ele então pegou uma espingarda calibre 12, que trazia consigo, e seguiu em direção aos dois.

A mãe de Cynthia, Osmarina, ao perceber que ele poderia matar a filha, teria se armado com uma faca e uma vassoura, para tentar impedir o crime, mas foi alvejada com um tiro. Depois de matar a sogra, conforme o acusado, ele disparou duas vezes contra Cynthia, atingindo-lhe o rosto, que ficou desfigurado, e o abdome. O suposto amante fugiu. Familiares das vítimas estiveram na seccional, onde, revoltados, tentaram agredir o acusado, mas foram impedidos pelos policiais. Após prestar o depoimento, o preso foi recolhido no presídio regional de Itaituba à disposição da Justiça.
AGENCIA PARÁ 


0 comentários:

Postar um comentário