Homossexual que estava foragido depois de matar companheiro é preso pela polícia de Uruará

Policiais civis e militares de Uruará prenderam no final da tarde desta segunda-feira, 13, um
homossexual que estava foragido da justiça desde o dia 28 de outubro de 2011 após matar o companheiro com quem tinha um relacionamento amoroso. O nacional, Antônio Pereira de Araújo, o Terezinha, de 45 anos, confessou na delegacia que matou o companheiro, Deuzimar Martins da Silva, o Bolinha, enforcando-o com as próprias mãos no interior de um quarto onde dormiam na Avenida Pará, Bairro Boa Esperança, região central da cidade de Uruará.Uma denúncia anônima ajudou a polícia a capturar o foragido que estava num bar do mesmo bairro onde cometeu o crime. A prisão foi realizada pelos policiais militares Cabo França, soldado Salmo, soldado Souza, soldado Marcos Novais, soldado Novais e soldado Rivaldo, sob o comando do capitão Campos e capitão Márcio Abud, o investigador de polícia civil Sílvio Alex, escrivão de polícia civil Marcelo Eduardo, sob o comando do delegado Godofredo Borges.Com a prisão do autor do homicídio o inquerito policial por portaria deverá ser concluído e Antônio será indiciado pelo crime de homicídio qualificado, cuja pena é de reclusão, de 12 (doze) a 30 (trinta) anos. Antônio Araujo, Terezinha, está recolhido na carceragem da delegacia de plícia de Uruará a disposição da justiça. Por Joabe Reis e Regional FM

0 comentários:

Postar um comentário