quarta-feira, 26 de junho de 2013

Índios Munduruku protestam durante audiência em Itaituba

Índios Munduruku protestam durante audiência em Itaituba
  Índios Munduruku protestaram na terça-feira (25) em Itaituba, no sudoeste do estado. Foi durante uma audiência da justiça em que foram ouvidos cinco homens suspeitos de matar um índio da etnia. O indígena foi vítima de latrocínio, roubo seguido de morte.

Um pequeno grupo de indígenas chegou em frente ao Fórum. Eles queriam entrar para acompanhar a audiência de instrução dos cinco suspeitos de matar o índio Lelo Munduruku, em junho de 2012.


Uma barreira da Polícia Militar e do grupo tático operacional foi montada para garantir que a audiência ocorresse sem interferência. A morte do indígena foi motivo de revolta dos Munduruku. Em represália, eles atearam fogo ao destacamento da Polícia Militar, atacaram policiais e confiscaram armas e munições.

Na época, mais de mil indígenas ocuparam Jacareacanga e só voltaram para as Aldeias depois que uma comitiva do governo estadual e tropas de operações especiais da Polícia Militar chegaram a cidade. Das reivindicações que eram feitas pelos Munduruku, duas delas já foram cumpridas.

Uma unidade integrada das polícias civil e militar foi construída em Jacareacanga. Os delegados revezam o atendimento na cidade. O efetivo da Polícia Militar aumentou. Os índios cobram o julgamento rigoroso dos suspeitos.

Fonte: G1 PA


Nenhum comentário:

Postar um comentário