quarta-feira, 23 de outubro de 2013

“BOBOYA” estaria marcado para morrer

Segundo informações de amigos de “BOBOYA” ele estava sendo ameaçado por LEANDRO COELHO, mas não teria dado importância para as ameaças.

Informações dão conta que as ameaças se derem por causa de uma garota que seria namorada de Leandro Coelho, e depois teria tido um envolvimento com “Boboya” e por causa dessa que tinha se criado uma rixa entre os dois. 

Segundo informações de amigos da vitima, Antonio Rhaydson Feitosa Costa, o “Boboya” como era conhecido, vinha sendo ameaçado de morte pelo ex-marido da atual namorada de “Boboya” identificado por Leandro Coelho. Ainda de acordo com amigos da vitima no inicio da noite de ontem “Boboya” teria recebido uma ligação de Leandro querendo se encontrar lhe encontar que chegou a ser orientado por colegas para não aceitar o encontro. 


Segundo testemunhas por volta das 20 horas e 30 minutos Antônio Rhaydson o “Boboya” estava chegando a sua residência na 17ª rua quando Leandro teria chegado em um automóvel de cor vermelha, o acusado falou poucas palavras com Boboya e em seguida efetuou quatro disparos que acertaram a vitima a queima roupa. Boboya chegou a ser socorrido pelo corpo de bombeiros mas já chegou sem vida no hospital municipal. 


A noticia da morte de Boboya se espalhou rapidamente pela cidade e um grande numero de amigos esteve no hospital municipal para comprovar a informação. O desespero foi grande dos amigos mais próximos ao ver Boboya sem vida no necrotério do hospital municipal.


O corpo de Antônio Rhaydson foi conduzido do hospital municipal para o IML e o caso foi registrado na seccional de policia ainda durante a noite de terça feira pelo irmão da vitima. Boboya que completaria 23 anos no próximo dia 31 já não fazia mais parte do quadro de funcionários da TV Eldorado, mas tinha uma grande amizade com os profissionais da imprensa de Itaituba.


Boboya era uma pessoa alegre, que cativava aqueles que conviviam com ele, ou quem passava a conhecê-lo. Sua morte representa, além da perda irreparável para a família, também é uma grande perda para os amigos. 


Fonte: Junior Ribeiro e Repórter Marinaldo Silva

Nenhum comentário:

Postar um comentário