domingo, 13 de outubro de 2013

Cooperativa de garimpeiros sofre intervenção

A Cooperativa de Garimpeiros de Serra Pelada (Coomigasp) acaba de sofrer intervenção judicial. A decisão foi tomada nesta sexta-feira (11) pelo juiz de Direito Danilo Alves Fernandes, de Curionópolis. O pedido de intervenção foi feito pelo Ministério Público Estadual do Pará (MPE).
O juiz declarou em sua sentença que tomou a decisão em virtude dos indícios de gestão “danosa/nociva/desastrosa” por parte da diretoria da Coomigasp; para preservar a sociedade em geral e os garimpeiros/cooperados das mazelas advindas desta situação; e por ter a cooperativa deixado de cumprir um Termo de Ajuste de Conduta (TAC) firmado com o MPE.
O juiz nomeou o administrador Marco Alexandre Moraes Mendes como interventor, pelo período de seis meses.

A Coomigasp é detentora dos 49% das ações da exploração do ouro de Serra Pelada. A empresa  Colossus Geologia e Participações é a sócia majoritária do empreendimento.
(DOL)

Nenhum comentário:

Postar um comentário