quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

TSE suspende acórdão que cassava o mandato de Gabriel Guerreiro

Deputado Gabriel Guerreiro
Deputado Gabriel Guerreiro
Na postagem “A canoa virou”, reportando a cassação do deputado estadual Gabriel Guerreiro (PV) pelo TRE-PA, opinei crer que o TSE liminarmente manteria o mandato do deputado, pois as provas trazidas aos autos não eram valiosas o suficiente para uma condenação capital.
O que eu previ ocorreu ontem (17) à noite: o TSE concedeu liminar ao deputado Gabriel Guerreiro, suspendendo os efeitos do acórdão do TRE-PA até julgamento do mérito do recurso.
É a terceira vez que o TSE, em casos similares esse ano, concede liminar suspendendo acórdãos do TRE-PA, que se tem comportado com o mero ânimo de condenar, mesmo que as provas dos autos não autorizem tal prolação.

Os paletós voltam aos cabides: Com a liminar o deputado não é afastado, esvaindo-se as expectativas dos suplentes que já engomavam o paletó para a posse. Guerreiro era hoje, no Plenário da Alepa, o mais sorridente dos deputados.
Fonte: Blog do Parsifal

Nenhum comentário:

Postar um comentário