Servidor da educação é autuado em flagrante por conviver com menina de 13 anos e pode ter seu flagrante agravado para estupro de vulnerável. A convivência do diretor de um centro de educação infantil estaria acontecendo sem o conhecimento da família da menina.
Celson foi localizado no bairro da Paz
Foi através de denúncia que a Polícia Militar chegou até o professor Celson Noronha Neuton, de 37 anos, diretor de um Centro de Educação Infantil no distrito de Miritituba. O sargento Oséias da Conceição Oliveira, comandante da guarnição que fez a apresentação do acusado, também conduziu a menina, de apenas 13 anos de idade, motivo da denúncia. Na Seccional de Polícia, Celson Noronha não quis gravar entrevista, mas informações da polícia dão conta de que ele estaria convivendo com a menor há algum tempo. Inclusive, logo após a denúncia, o professor e a adolescente foram encontrados em uma residência na 1ª Rua do bairro da Paz. A menina estaria abrigada em um quarto da casa.
(Foto: Arquivo/Família)
Jovem de 16 anos é executado a pauladas (Foto: Arquivo/Família)O corpo do jovem Pablo Victor Lopes dos Santos, de 16 anos, foi liberado para o velório no início da manhã da última segunda-feira. Na casa da família, localizada na 23ª Rua, entre 13 de Maio e Justo Chermont, bairro do Bom Remédio, a comoção e a dor da perda se confundem com o sentimento de revolta. A mãe do adolescente, diretora de uma escola pública, teve que ser sedada para suportar a angústia.
Segundo a professora Lindoneida Márcia, amiga da família, Pablo foi morto covardemente em um local distante do local onde ele morava. Na noite de domingo, o jovem teria saído com algumas amigas e, ao passar por um grupo de rapazes no bairro da Liberdade, ele teria sido ofendido por um deles. Foi neste ponto que começaram as cenas de violência.