Os deputados estaduais do Pará aprovaram a extinção do décimo quarto e décimo quinto salários que eles recebiam todos os anos em janeiro e no final de dezembro. 
A Resolução 02/2013, proposta pelo presidente da Assembleia Legislativa (AL), Márcio Miranda (DEM), recebeu parecer favorável das comissões de Justiça e Finanças antes da sessão e em seguida foi aprovada em plenário, sem nenhum debate. O acerto sobre a extinção foi feito em reunião do presidente com os deputados antes da matéria ir à pauta.
Em janeiro deste ano já foram pagos R$ 841 mil como sendo ajuda de custo, mas que na verdade é o décimo quarto salário. O décimo quinto salário era previsto para dezembro, também outros R$ 841 mil. São R$ 20 mil brutos que, após os descontos previstos, eram repassados R$ 16 mil líquidos a cada um dos 41 deputados estaduais. Mensalmente são repassados em média pelo Executivo estadual ao Legislativo R$ 21 milhões para a gestão do parlamento.


O Ministério Público Federal (MPF) solicitou à Justiça nesta quarta-feira (27) que impedisse a realização da expedição de cientistas que estão no oeste do Pará para fazer o levantamento da fauna e flora no médio Tapajós, que irá compor, entre outros estudos, o de impacto ambiental para a obtenção da licença prévia do projeto de criação da Hidrelétrica de São Luiz, no Tapajós. A operação deve ficar na região por cerca de um mês.
“Pedimos a suspensão para evitar algum conflito. Recentemente teve o caso da Operação Eldorado, que culminou inclusive com um falecimento de um indígena, na operação da Polícia Federal dentro de terra indígena. Nosso receio é que aconteça algum conflito, por isso é que ingressamos com o pedido”, explica o procurador da república Fernando Alves Júnior.
Capitão Pedro Paulo acusa Isaac Dias de denegrir sua honra e imagem
Capitão Pedro Paulo acusa Isaac Dias de denegrir sua honra e imagemUm mês depois de ocorrer uma série de motins e fugas de detentos na Penitenciária de Itaituba, o diretor da casa penal, o capitão da Polícia Militar, Pedro Paulo de Oliveira Coelho, denuncia o vereador Isaac Rodrigues Dias (PSB), por crime de calúnia e danos morais. Inconformado com a situação, o capitão Pedro Paulo, por meio de seu advogado, Adalberto Viana da Silva, entrou com uma representação junto à presidência da Câmara Municipal de Itaituba.
Por meio da representação, o capitão Pedro Paulo diz que foi vítima de crime contra a honra praticado pelo vereador Isaac Dias, em 27 de fevereiro deste ano.
O Banco do Estado do Pará (Banpará) abriu nesta quinta-feira (28), inscrições do concurso público para o provimento de vaga e formação de cadastro reserva para o cargo de Advogado. Os salários chegam até R$ 7.344, 91.

As inscrições podem ser efetuadas, exclusivamente, via internet, no período
de 28 de março até as 16 horas do dia 12 de abril de 2013, no site
www.banparanet.com.br.

O sr. Calvinse, que foi alvejado na última segunda feira, 26/03/13 não resistiu e faleceu ontem à noite no Hospital Municipal, onde estava internado desde as 21h00 daquele dia. O acusado continua foragido. Como já passou o flagrante a polícia só pode prendê-lo se o juiz expedir mandado de prisão preventiva contra ele, em caso do delegado solicitá-la. Até que isso aconteça, mesmo que a polícia o encontre legalmente não pode prendê-lo.
Fonte: blog Sem Polêmica
De acordo com o delegado Ariosnaldo da Silva Vital Filho, titular da Depol de Rurópolis, desde a hora da invasão ao prédio da Prefeitura Municipal, crime ocorrido na noite do dia 26, quando desconhecidos armados adentraram e renderam o vigia, arrombando a porta da sala de licitações e dali roubando vários documentos, dentre eles, contratos e processos referentes a licitações inerentes a área da saúde, transporte e serviços em gerais, a equipe de policiais civis, sob o seu comando, trabalha para desvendar a autoria.