Michel Teló tinha tudo para lotar o show que fez na sexta-feira em Santarém. É hoje um dos artistas mais valorizados no cenário nacional e internacional. Teve uma música cantada em todos os cantos do planeta. A coreografia de suas músicas invadiram estádios de futebol, fazendo parte da comemoração de gols de clubes importantes em todos os continentes. Embalado por esse sucesso, os promotores do show em Santarém esqueceram de um detalhe. Em Santarém não é costume os shows terem um preço de ingresso alto. Ao cobrar 80 reais o preço do ingresso, a bilheteria minguou. O público foi um verdadeiro fiasco. Estima-se que menos de 1.000 pessoas estiveram no Atlético Cearense Sábado (20), onde aconteceu o show. Fonte: Blog do JK
 
Blog: Em Itaituba o show nem chegou a acontecer. A produção do cantor informou que a equipe não consegui chegar em Itaituba devido as condições da estrada. toda uma estrutura estava pronta para o show do cantor e o anúncio do cancelamento só foi feito augumas horas antes do evento. A noticia frustrou o publico que se preparou para ir ao show e gerou criticas dos expectadores. A produção do evento alegou que tambem nao havia conseguido avião para transportar a equipe de Teló. O organizar  do evento em Itaituba disse que vai devolver o dinheiro dos compradores  de ingresso e se desculpou com o público, alegando que todos os esforços foram feitos para manter o evento. 

Regulamentação de artigo constitucional deverá acelerar as divisões municipais

Novos municípios poderão ser criados no Pará ainda este ano. É o que esperam parlamentares estaduais e federais. Hoje, as populações de 36 distritos e vilas pleiteam a elevação à condição de município, emancipando-se das unidades de origem. É o que diz o cadastro da Comissão de Divisão Administrativa do Estado e Assuntos Municipais da Assembleia Legislativa do Pará. Entre eles, estão os distritos de Icoaraci e Mosqueiro, na capital; de Castelo dos Sonhos, em Altamira, no oeste; e Serra Pelada, em Curionópolis, no sudeste.
Após cinco horas de chuva intensa no último domingo (21), moradores da cidade de Itaituba, localizada no sudoeste paraense, tiveram as casas invadidas pelas águas de um córrego que corta o município e que transbordou durante a madrugada. Segundo a meterologia, esse foi um dos três maiores volumes de chuva já registrados em Itaituba.
"A água começou a subir, subir, e de repente subiu de uma vez. Pegou muita gente de surpresa", conta o autônomo Carlos Costa. O autônomo ainda conseguiu levar o carro para  um lugar seguro, mas outros moradores não tiveram tempo de salvar móveis e eletrodomésticos.

A chuva que ocorreu na madrugada deste domingo (22) em  Itaituba, trouxe  diversos transtornos à população. Devido á forte precipitação pluviométrica, muitas ruas da cidade ficaram alagadas, impossibilitando a circulação de veículos, a água invadiu casas e deixou algumas famílias desabrigadas.

Os prejuízo causados por essa chuva foram grandes em termos matérias para diversos moradores e comerciantes, principalmente nos pontos onde foram mais afetados pelos  alagamentos, como é o caso do bairro da Liberdade, onde houve maior movimentação na retirada de pessoas e de seus pertences, infelizmente algumas pessoas resistiram e não quiseram sair de  suas  casas, não atendendo o solicitado  dos  bombeiros e da defesa  civil.