Dragas no Rio Tapajôs
Dragas no Rio TapajôsNo próximo dia 03 de maio (sexta-feira), o município de Itaituba vai sediar um grande rmovimento em defesa da Legalização da garimpagem quando do também fará questionamentos e debaterá com maior amplidão o decreto 174, criado pelo governo do Estado no dia 5 de abril e anunciado no dia 15 de abril deste ano, deixando apreensivos milhares de garimpeiros e a população de Itaituba e região abalada em face do temo de um grande descalabro econômico, já que a economia é alicerçada na exploração mineral.
O encontro vai ocorrer nas dependências físicas do Clube Atlético Cearense, já que a expectativa da presença de público seja elevada.
Rio Tapajós começa a baixar em Itaituba  Depois das fortes chuvas que deixaram a cidade de Itaituba, sudoeste do Pará, alagada no início desta semana, o nível do rio Tapajós começou a baixar. Esta foi a segunda maior cheia enfrentada no município desde 2006.

Dona Benedita, de 76 anos, se equilibra nas pontes de madeira, segurando o bisneto. A casa onde ela mora fica em um doa bairros mais afetados pela cheia. Ela conta que o medo e os riscos são constantes. “Tenho medo de cair, mas o que a gente vai fazer? A gente não tem pra onde ir, tem que ficar dentro d’água”, diz a idosa.
Muita emoção da senhora Raimunda de Lima
ontem, dia 23/04/2013, na cidade de Itaituba, foi celebrado na Igreja Matriz de Nossa Senhora de Santana, missa de 7ª dia pelo falecimento do delegado de polícia civil, Doutor Antônio Carlos Correa da Silva, vítima de acidente trânsito, na rodovia Transamazônica, trecho da zona rural de Jacareacanga, Oeste do Pará, no último dia 17 do corrente mês, ao retornar de suas atividades policiais naquele município.
Amigos, esposa, filhos, familiares, policiais civis e autoridades públicas da Região compareceram na igreja de Santana, onde foi rezado pelo frei Francineto uma missa “in memoriam” do delegado de polícia civil Antônio Carlos, inclusive, foram feitas várias homenagens pela sociedade ao exemplo de pessoa e profissional que ele era em vida.
Maria Domingas Diniz da Silva
O fato ocorreu ontem por volta das 03h00, na 34ª rua do bairro Piracanã. Dona Maria que está sozinha porque seu marido está preso acusado de estupro, (o marido, seu Sabino, foi preso em Miritituba por prática de ato libidinoso contra uma menor há uma semana) pediu para uma conhecida que deixasse seus dois filhos, um de onze e o outro de treze, lhe fazer companhia, pois tinha medo de dormir sozinha. E para sua surpresa na noite de hoje acordou sendo molestada pelo menor de treze anos, que estava deitado sobre ela tentado praticar sexo. Ela disse à polícia que o jovem tampou sua boca com um pano para impedir que ela pedisse ajuda e segurou sua cabeça, vindo a provocar vários hematomas. Depois de muito lutar conseguiu se soltar e pedir ajuda de um genro que mora numa casa ao lado