A caverna paraíso está localizada a cerca de 90 quilometro de Itaituba. Para chegar até lá é preciso se locomover pela rodovia transamazônica e trafegar mais 14 quilômetros na vicinal transfordlandia, município de Aveiro. O paraíso subterrâneo fica em uma pequena propriedade rural, de moradores hospitaleiros, foram eles os primeiros descobridores docenário hoje cobiçado por visitantes de diversos lugares do Brasil e até do exterior. A descoberta aconteceu por acaso durante uma caçada do patriarca da família, que decidiu preservar o espaço para as gerações futuras. O local paradisíaco tem atraído muitos exploradores e amantes da natureza.  Para os acadêmicos do curso de pedagogia da faculdade de Itaituba esta era mais uma oportunidade de descoberta.
  
Na sessão desta quarta feira dezenas de camelôs estiveram na Câmara de Vereadores pedindo apoio dos edis para construção do Shopping Popular de Itaituba (CAMELÓDROMO). O presidente da Associação dos Micro e Pequenos Empresários de Itaituba, Arlindo da Silva usou a Tribuna da Câmara, quando fez um apelo aos vereadores para apoiarem a prefeita Eliene Nunes na construção do Shopping na área da antiga escola Alice Carneiro. O Presidente da entidade fez uma explanação sobre a polemica em torno do prédio da antiga escola e defendeu a construção do camelódromo como uma necessidade para a retirada dos camelos das calçadas.


O DNIT divulgou no último dia 20 de maio de 2013 no Diário Oficial da União o Edital de Licitação na Modalidade Pregão Eletrônico para contratação de empresa que irá realizar a Pavimentação, Sinalização, Drenagem e Manutenção por 2 anos dos 07 (sete) km urbanos da Rodovia BR 230 na cidade de Itaituba.


Recurso interposto solicita reconsideração de decisão do STJ e caso seja mantida a decisão, que seja encaminhado à corte especial

O Ministério Público Federal (MPF) interpôs recurso (agravo regimental) solicitando a reconsideração da decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ) que suspendeu liminar do Tribunal Regional Federal da 1ª região (TRF1). A liminar impedia a realização da chamada Operação Tapajós, na região do médio e alto rio Tapajós (MT), para assegurar pesquisas de viabilidade do Complexo Hidrelétrico do Tapajós. Caso seja mantida a decisão, o MPF pede que o recurso seja encaminhado à corte especial do STJ para ser apreciado.
Louise Cunha Mazur
Louise Cunha MazurA bancária tambem morou em Itaituba, onde constituiu grandes amizades e conheceu seu atual companheiro. 
 A santarena Louise Cunha Mazur faleceu na quarta-feira, em Manaus (Amazonas), com suspeita de gripe H1N1 (Gripe Suína). Segundo informações colhidas por nossa reportagem, Louise começou a sentir febre pelo corpo e dor de cabeça, ocasião em que foi internada em um hospital da capital amazonense. Na quarta-feira, dia 22, sua saúde se complicou e veio a óbito.
Louise Cunha Mazur era casada com o militar do Exército, Mazur, e tinha uma filha que ainda irá completar dois aos. Ela era formada em Letras e estava trabalhando no Banco Bradesco de Manaus.
Nossa reportagem em contato com o vereador e engenheiro Marcílio Cabral, foi informada que Louise era uma pessoa muito competente e trabalhou em seu escritório de engenharia antes de ingressar no Bradesco em Santarém, depois foi transferida para Itaituba e mais tarde foi para Manaus.