Zequinha Marinho (PSC)
Zequinha Marinho (PSC)O Supremo Tribunal Federal (STF) abriu inquérito para investigar o deputado Zequinha Marinho (PSC-PA) por recolher 5% dos salários dos funcionários do seu gabinete parlamentar para a formação de uma “caixinha” para o PSC. Ele é suspeito de ter cometido os crimes de peculato (apropriação indevida de dinheiro público em favor de si ou de terceiros) e concussão (exigência de vantagem indevida, feita em razão do cargo que o servidor ou a autoridade ocupa). Série de reportagens do Congresso em Foco mostrou como funcionava o esquema. Zequinha, em entrevista na época, admitiu a prática: “Todo mundo faz”.
MPE apura comércio ilegal de madeira no Pará  Em sentença publicada esta semana, o Ministro do STF Celso de Mello, decidiu que caberá ao Ministério Público do Estado do Pará apurar os fatos descritos em inquérito policial sobre a suposta prática de comércio ilegal de madeira e falsidade ideológica, nos quais estaria envolvida uma empresa madeireira no Estado. A decisão foi exarada em uma Ação Cível Originária, que discutia um conflito de atribuições entre o Ministério Público do Pará e o Ministério Público Federal (MPF).
Um homem de nome Alexandro M Vieira foi baleado enquanto trafegava em sua moto na 29ª rua, na divisa dos bairros Santo Antônio e Piracanã. Segundo a vítima, não tem nenhum inimigo e não sabe o motivo de ser alvejado por um desconhecido, quando trafegava em sua moto e passava por um lugar mal iluminado, numa baixada na 29ª rua. Ele disse que percebeu um elemento que estava de moto com mais duas pessoas com uma arma na mão lhe apontando e acelerou para tentar fugir, mas foi alvejado nas costas. Começou a perder  força no braço e caiu. Lembra-se de ver veículos passando e pedir ajuda, porém passavam sem parar para vê o que tinha acontecido.
Um jantar de confraternização  marcou a despedida do advogado César Aguiar do cargo de Chefe de Gabinete. César que saiu do governo para investir na carreira recebeu as homenagens dos amigos, parentes e da Prefeita Eliene Nunes. As referências profissionais e pessoais foram evidenciadas remetendo à atuação do advogados nas causas sociais do município de Itaituba, bem como, a criação da assistência jurídica gratuita na Casa do Cidadão em prol dos menos favorecidos. Veja a homenagem do governo.