A Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) publicou na edição desta segunda-feira, 24, do Diário Oficial do Estado, anúncio informando que no dia 3 de junho foi protocolado o Estudo de Impacto Ambiental e Relatório de Impacto de Meio Ambiente (EIA/Rima) referentes ao empreendimento de Estação de Transbordo de Cargas ETC Cargill, a ser implantado no distrito de Miritituba, em Itaituba, Região de Integração Tapajós. A Cargill Agrícola S.A., responsável pelo empreendimento, tem interesse na obtenção de licença ambiental e de acordo com a Política Estadual de Meio Ambiente, a Sema determina o prazo de 45 dias para solicitação de Audiência Pública, a contar da data de publicação dessa comunicação.
Nélio Aguiar
Nélio Aguiar
Em reunião realizada na noite de domingo, 23, por membros do Democratas (DEM), em Santarém, Oeste do Pará,  foi anunciado o nome o deputado estadual Nélio Aguiar como o possível candidato oficial do Partido ao cargo de Deputado Federal, nas eleições do ano que vem. Nélio foi empossado em uma das cadeiras da Assembléia Legislativa do Pará (Alepa), no início de 2012, quando fazia parte do PMN, após a morte do deputado estadual Alessandro Novelino.
A reunião contou com a presença do deputado estadual Nélio Aguiar, deputado federal Lira Maia, que já anunciou que não concorrerá à reeleição e, do prefeito Alexandre Von (PSDB); além de lideranças políticas e partidárias. Com a possível ida de Nélio Aguiar à vaga de Deputado Federal, as portas irão se abrir para o vereador Henderson Pinto ser o candidato do DEM a Deputado Estadual.

Rodovia Santarém-Cuiabá
O vereador João Paulo Meister, do PT de Itaituba, já está no distrito de Caracol, no município de Trairão, Oeste do Pará, para participar do movimento dos produtores rurais que vão interditar a rodovia Santarém-Cuiabá (BR-163) a partir das 4 da manhã de terça-feira, dia 25/06.
O vereador João Paulo é um dos articuladores do movimento.
Ele informou à reportagem, que tem comitiva chegando até da longínqua Castelo de Sonhos para reforçar o movimento, que tem algumas reivindicações que serão apresentadas ao governo Federal.
Índios liberam pesquisadores mantidos reféns
Índios Munduruku fizeram pesquisadores reféns



Pará - Foram liberados na noite deste domingo (23) os três pesquisadores que eram mantidos reféns desde a última sexta-feira (21) por índios Munduruku, em Jacareacanga, sudoeste do Pará. Os índios decidiram liberar os biólogos depois do Governo Federal se comprometer em suspender os estudos de impacto ambiental para a instalação de duas hidrelétricas na região.

Os pesquisadores que trabalham para uma empresa prestadora de serviço da Eletrobrás ficaram durante três dias reféns dos índios. Eles foram levados de barco para a cidade após serem rendidos dentro da comunidade Rio das Tropas.
(Foto: Lunae Parracho/Reuters)
Da Folha On-line
O governo federal suspendeu todos os estudos para a construção de usinas hidrelétricas na bacia do rio Tapajós, na Amazônia, e vai se reunir com indígenas em data ainda indefinida para deliberar os parâmetros da consulta que será feita com eles sobre o assunto.
Duas funcionárias da Funai foram enviadas para apresentar a proposta aos índios da etnia mundurucus em Jacareacanga, cidade paraense na divisa com Amazonas e Mato Grosso, após três biólogos serem capturados pelos índios na sexta-feira.

Aconteceu no último sábado na câmara municipal de Rurópolis, a escolha da primeira diretoria do Consorcio Tapajós. Prefeitos de seis municípios participaram deste evento que escolheu Raulien Queiróz prefeito de Jacareacanga para presidente, Eliene Nunes prefeita de Itaituba como vice-presidente e Eraldo Nascimento (ex-prefeito de Uruará) secretário executivo.. Participam do consórcio Tapajós os municípios de Aveiro, Jacareacanga, Trairão, Rurópolis, Novo Progresso e Itaituba.