A partir da segunda quinzena de outubro, a Universidade Federal do Pará (UFPA), por meio da Comissão de Regularização Fundiária, continua o processo de coleta dos documentos que sinalizam o quantitativo populacional, de lotes e o número de hectares de terras que foram transferidos pelo Programa Terra Legal, por meio do Ministério das Cidades, para os municípios de Uruará, Trairão, Mojuí dos Campos, Aveiro, Placas, Rurópolis e Novo Progresso, com base na Lei Federal nº 11.952, de 2009, que dispõe sobre a regularização fundiária urbana na Amazônia Legal.
Nélio Aguiar
Nélio AguiarJá está em fase final de contratação pela Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa) o serviço de UTI Aérea, que terá como base o município de Santarém, mas que atenderá as regiões de saúde do Baixo Amazonas, rio Tapajós e Xingú. A solicitação é resultado de moção do deputado Nélio Aguiar (DEM) de junho deste ano, que fora encaminhada ao governador Simão Jatene após aprovação da Assembléia Legislativa do Estado do Pará (Alepa). O processo de contratação do serviço, que já foi autorizado pelo Governo do Estado, agora está na Sespa para finalização do mesmo.
Governador Simão Jatene
Governador Simão JateneO governador Simão Jatene confessou ontem, pela segunda vez, que vem desviando o dinheiro arrecadado com a taxa mineral. Dessa vez durante solenidade pública realizada no Hangar – Centro de Convenções da Amazônia e novamente em matéria postada na Agência Pará de Notícias, site oficial de notícias do governo.
A novidade dessa vez é que Jatene admitiu que a TFRM, na verdade, foi apenas um pretexto para criar mais um imposto milionário que o governador e seus assessores manipulam da forma que bem entendem sem prestarem contas ou serem incomodados.