A Central Elétrica do Pará (Celpa) deverá adotar, no prazo de 30 dias, providências necessárias para evitar oscilações e interrupção do fornecimento de energia elétrica na cidade de Itaituba, sudoeste paraense. A decisão, divulgada nesta quinta-feira (17), é do O pedido foi deferido pelo juiz Claytoney Passos Ferreira, da 2ª Vara Cível do município, que deferiu parcialmente o pedido de liminar ajuizado pelo Ministério Público do Estado (MPE).

A decisão deve por fim aos vários prejuízos em diversos serviços públicos, inclusive em hospitais evitando risco de morte aos pacientes que necessitam do uso de aparelhos alimentados por energia elétrica. A população também está prejuízos econômicos e materiais com as irregularidades.