Vereador Isaac Dias (PSB)
Vereador Isaac Dias (PSB)Na sessão ordinária de terça-feira, dia 27, o ex-líder de governo, vereador Isaac Dias (PSB), usando seus dez minutos de Tribuna, fez contundentes denúncias contra a Coordenadoria Municipal de Trânsito de Itaituba (COMTRI) que tem à frente o advogado Davi Salomão.
Exibindo calhamaço de documentos o Vereador, entre outras denúncias, disse que há um verdadeiro balcão de rachachá no órgão no que se refere às taxas relativas ao recolhimento de motos nas ruas, que pagam a uma empresa local cerca de cento e vinte reais por cada moto arrastadas sem que esse dinheiro entre para os cofres da Prefeitura.
1O Ministério Público do Estado do Pará (MPE) quer a anulação dos concursos públicos da Polícia Civil C-169 e C-170, para os cargos de delegado, investigador e escrivão. Uma ação civil pública foi ajuizada pela 8ª promotora de Justiça de Defesa do Patrimônio Público e da Moralidade Administrativa, Elaine Carvalho Castelo Branco, com pedido de liminar contra o Estado do Pará e a Universidade do Estado do Pará (Uepa Concursos).
O sábado 30 de novembro vai entrar para a história de Itaituba, como o dia em que um grupo de 30 garimpeiros estará recebendo o Plano de Lavra Garimpeira, a PLG, documento que dá origem ao produto do seu trabalho.

Essa é apenas a primeira entrega desse documento fundamental. 

A secretaria de Meio Ambiente e Produção da Prefeitura de Itaituba, tendo à frente seu titular, Valfredo Marques Jr. organizou uma solenidade, que terá início às 10 horas da manhã, no Caçador, depois da qual haverá uma festa de congraçamento entre os presentes.
   Edivaldo Alves de Souza, de 32 anos, irmão do Antônio Kaiser de Sousa, do SINE , foi morto com cinco tiros no seu local de trabalho, por elementos que estavam em uma moto. Antes de ir embora o assassino jogou uma carta sobre o corpo que dizia "nunca mais vai se meter com mulher de ninguém". Até o momento, ainda, não foi divulgado informação sobre possíveis suspeitos, mas essa carta poderá levar ao assassino e ao elemento que pilotava a moto que eles andavam. O crime ocorreu na 23ª com a são José, no açougue da vítima.
Vivemos tempos de total falta de respeito ao ser humano. Não se teme mais nem a justiça do homem nem a justiça divina e sem esses pilares da vida em comunidade o homem é incontrolável e pratica esse tipo de barbárie. Tira vida de outro semelhante por nada que possa justificar.