Presidente da OAB do Pará está em Itaituba para apurar morte de advogada

 
Jarbas Vasconcelos quer prisão de Suspeito
O presidente da OAB no Pará chegou em Itaituba na manha do domingo. Ele participou de uma reunião com vários advogados na sede da ordem no município.  Segundo as estatísticas este é 14º caso de ataque a vida de advogados nos últimos anos no estado. Jarbas Vasconcelos acionou todos os mecanismos a disposição da entidade para auxiliar nos trabalhos investigativo da policia.  Segundo ele o caso deve ser minuciosamente apurado e os responsáveis por este bárbaro crime severamente punidos.
  Jarbas Vasconcelos foi recebido por um grande numero de advogados que desde a noite do ultimo sábado estão acompanhando o desenrolar das investigações, abalados com a morte da colega. O presidente da ordem no estado disse esta otimista com resultado das investigações, porem cobrou celeridade na investigação e disse que a OAB vai pressionar o governo do estado para colocar seu aparato à disposição de Itaituba.

  A presidente da OAB subsecção Itaituba disse que a ordem esta acompanhando de perto o desenrolar das investigações, mas fez criticas em relação a alguns procedimentos falhos na operação. Para ela as autoridades precisam agir de forma eficiente para mostrar resultados.  Ainda no encontro o presidente da ordem reforçou as suspeitas que recaem sob o ex companheiro da advogada Leda Marta, ele disse que teve conhecimento das ameaças que ela sofria e ainda sinalizou que a policia já deveria ter solicitado a preventiva do mesmo.
  O promotor publico João Cavaleiro também participou da reunião com os advogados e se comprometeu a auxiliar no processo de investigação para agilizar os trabalhos policiais e jurídicos. Porem destacou que é preciso cautela para evitar atitudes precipitadas.  
Sonora promotor João Cavaleiro  ultima parte


    

0 comentários:

Postar um comentário