A eleição para diretoria do sindicato dos produtores rurais (SIPRI) foi disputada por duas chapas. A numero 1, encabeçada pela atual presidente Antônia Gurgel, que tentava seu terceiro mandato e a chapa numero 2 que tinha como candidato Edson Teixeira, que já foi dirigente da entidade. 176 sócios estavam aptos a votar. Durante todo o dia a eleição seguiu tranquila encerando as 17:30. De acordo com o Advogado José Antunes, que presidia a mesa, o processo ocorreu com normalidade. Ao todo 143 pessoas votaram. A junta apuradora conferiu voto a voto e ao final da apuração a chapa de Antônia Gurgel foi declarada reeleita com 107 votos válidos contra 36 do adversário. Antônia Gurgel entra para seu terceiro mandato e terá mais 3 anos para trabalhar no sindicato junto com a nova diretoria. Adversário de Antônia na eleição, Edson Teixeira reconheceu a vitória e disse que espera um bom trabalho da chapa vencedora a frente do SIPRI. 

A estrada do BIS foi interditada no final de semana por medida de segurança. A interdição da estrada do BIS não passou de algumas horas. Durante a madrugada o material colocado para impedir a passagem na estrada foi retirado sem autorização.  A  decisão de interditar a estrada foi uma medida preventiva tomada pelo município para evitar acidentes, mas nas primeiras horas já gerou controvérsias.
  O material colocado no meio da rua para inibir a passagem dos caminhões foi retirado na calada da noite e na segunda feira  os veículos pesados trafegavam livremente no local. Moradores das proximidades do lago relataram que empresários que utilizam a estrada para transporte de mercadoria desobstruíram a passagem alegando prejuízos.

Re
As sete pessoas amntidas reféns foram liberados pelos assaltantes que fugiram em dois carros após invadir a agência do Banco do Brasil de Uruará no sudoeste do estado, por volta de 10 horas desta segunda-feira (31). O grupo foi liberado neste tarde pelos bandidos no Travessão do quilômetro 175 Norte. Uma caminhonete usada na fuga foi incendiada e um segundo carro, que seria de um cliente do banco, foi abandonado na via. De acordo com a polícia, o grupo de criminosos fugiu a pé pela mata.
Segundo o comandante regional da Polícia Militar, Paulo Garcia, mais de cinquenta homens da polícia atuam na captura dos assaltantes, e fazem cerco na área. "Não sabemos se tem alguém dando apoio na mata, porque não vimos marca de moto, nem nada. Acreditamos que eles estejam fugindo a pé", afirmou. De acordo o policial, os reféns afirmaram que o grupo de assaltantes era composto por sete homens.

O fato aconteceu na tarde de hoje no bairro Vitória Régia, onde a vítima Welison Barros da Silva tentou defender a companheira que estava sendo agredida por Francimichael da Silva Leite, que é cunhado da vítima. Na confusão o criminoso desferiu várias facadas em Welison que foi socorrido, mas veio a óbito no início da noite. A Polícia Militar passou a buscar informações sobre o homicida e descobriu que ele havia fugido da cidade, e ainda, quem era o motorista e pra onde estaria fugindo. Com as informações os policiais, guarnição do sargento Gerson, soldados Clezio e Cabral, seguiram para o Curral Redondo e se surpreenderam com o acusado bebendo como se não tivesse acontecido nada, em um bar. Ele foi conduzido e apresentado na Seccional de Itaituba 
do rota policial RPI



Na tarde ontem (29/03) a Polícia Militar conseguiu prender em flagrante o conhecido Mesaque Lima dos Santos com entorpecente. Depois de denúncias anônimas a policia estava à procura do suspeito, ao ver a viatura o elemento tentou fugir. Por azar dele um policial militar que passava à paisana conseguiu pega-lo. Com Mesaque foram encontradas duas gramas de possivelmente crack e a quantia de R $ 327,00, que deve ser produto da venda da droga.


A manhã desta de segunda-feira, 31, não foi boa para os moradores do município de Uruará. Bandidos fortemente armados invadiram a Agência do Banco do Brasil, por volta das 10 horas e realizaram um assalto cinematográfico, deixando a população apavorada.
Segundos informações, cerca de  06 elementos fortemente armados, com fuzis, chegaram à agência do BB, que estava abrindo o expediente ao público. Quando os bandidos entraram na agência, foram logo atirando para o alto e anunciando que era um assalto.
Um grupo de homens armados invadiu uma agência bancária do Banco do Brasil no município deUruará, no sudoeste do estado, na manhã desta segunda-feira (31). Segundo a Polícia Civil, houve tiroteio no banco e pessoas foram levadas como reféns, mas até o momento, não há informações sobre a quantidade e se alguém ficou ferido.
A polícia informou ainda que uma pessoa que passava pela rua no momento da fuga dos assaltantes foi atingida por um tiro no ombro, mas foi atendida, medicada e está fora de perigo. "Eu estou sozinha aqui na delegacia, nós enviamos todo mundo para fazer as buscas. Eles saíram em direção de Altamira", afirma a escrivã Simone Silva.
Cleverson dos Santos, 37 anos, proprietário do Depósito de Madeiras Frejó, localizado na Avenida Jamanxim, próximo ao Ferro Velho do Catariana, foi visto pela última vez na quarta-feira(26/03), na hora do almoço com sua esposa. Saiu para o trabalho e após as 14:30 horas seu celular só encontrava-se fora da área de serviço ou desligado, sua esposa tentou contato por várias vezes mais sem sucesso, então a mesma aguardou para conversar com Cleverson a noite, quando chegasse do serviço, mais o mesmo até então nunca mais apareceu em casa ou foi visto no município de Novo Progresso. 
A esposa a Sr(a) Estefane,   foi até a Delegacia Civil e registrou um B.O do desaparecimento de Cleverson, segundo ela o marido vinha recebendo a dias ligações em seu celular anônimas(sem identificação), mais o mesmo não atendia. Estefane disse a reportagem do Jornal Folha do Progresso, que Cleverson era um rapaz tranquilo e não tinha problemas pessoais com ninguém, que ela tivesse conhecimento.
Militantes do PT apoiam coligação
Após reunião do diretório estadual do Partido dos Trabalhadores (PT), realizada na tarde de sábado (29), foi aprovado com maioria de votos que o PT irá apoiar o PMDB no 1º turno das eleições. No total, foram 249 votos contra 100.
O encontro definiu a aliança em primeiro turno com o PMDB para a eleição do pré-candidato Helder Barbalho, do pré-candidato ao Senado, Paulo Rocha (PT) e reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT).
Fonte: DOL
  A audiência publica foi proposta pela justiça federal como parte do processo judicial que apura as responsabilidades do governo federal quanto à conservação do perímetro urbano da rodovia transamazônica. Ano passado a justiça determinou que o DNIT recuperasse a BR dando livre direito de ir e vir à população. A determinação foi cumprida parcialmente, porém o trabalho não satisfez a sociedade. O resultado foi uma grande manifestação tal qual nunca se viu no município.  Desde então o BEC tem marcado presença na rodovia, mas a qualidade do trabalho ficou a quem do esperado.
  O juiz Rafael Leite convocou para audiência o poder publico municipal, entidades de classe, DNIT e o batalhão que executa as obras. O primeiro a falar foi o diretor de planejamento do município Dirceu Frederico que fez uma explanação técnica dos fatos. De acordo com ele o município sempre teve dificuldades para manter a rodovia trafegável por que o DNIT nunca reconheceu a rodovia como pavimentada e mesmo com as constantes tentativas de uma solução a demora na execução das obras também preocupa o governo. Dirceu ainda acrescentou que se soubesse de toda a burocracia envolvida em um projeto de extrema urgência, teria aconselhado a prefeita Eliene Nunes a rever seus conceitos em relação ao assunto.
Everton Moreira foi mantido na presidência da Amut
Everton Moreira foi mantido na presidência da Amut
A eleição para escolha da nova diretoria da Associação dos Municípios das Rodovias Santarém-Cuiabá e Transamazônica e Região Oeste do Pará (AMUT) aconteceu na sexta-feira (28), na Câmara Municipal de Santarém A nova diretoria vai comandar a Associação no biênio 2014-2015. Na eleição, apenas uma chapa foi inscrita, e, consequentemente, o resultado foi promulgado pela Comissão Eleitoral. O prefeito de Uruará, Everton Moreira (Banha), foi mantido na presidência da Amut, que terá como vice-presidente o prefeito de Santarém, Alexandre Von.
Exército Jacareacanga (Foto: Divulgação/Ten. Coronel Helder Queiroz)Militares são especialistas em selva
(Foto: Divulgação/Ten. Coronel Helder Queiroz)
O Exército Brasileiro enviou um efetivo para a selva de Jacareacanga, no sudoeste do Pará, na manhã deste sábado (29). O objetivo é ajudar nas buscas pelo bimotor que desapareceu na região após decolar deItaituba no dia 18 deste mês, com cinco pessoas a bordo, incluindo o piloto. O avião transportava três técnicas de enfermagem da Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai) e o motorista, que teriam como destino aldeias indígenas localizadas na região do município de Jacareacanga.
Um oficial superior e 1 militares especialistas em selva estão a caminho do município, de acordo com informações do 53º Batalhão de Infantaria de Selva (BIS), responsável pela ação. Segundo as informações divulgadas pelo Exército, o efetivo necessário fica em Itaituba de sobreaviso para reforçar as buscas, intensificando os esforços a partir de indícios encontrados pela Força Aérea.
 
Atual realidade da rodovia 
A justiça federal vai realizar hoje (28) uma audiência publica para discutir com órgãos federais e sociedade uma solução definitiva para a rodovia transamazônica. A situação da rodovia BR 230         , no perímetro urbano de Itaituba, vem sendo debatida desde o ano passado quando a estrada ficou em precárias condições de trafegabilidade. O ministério publico federal chegou a intervir determinando a manutenção da rodovia com garantia de trafegabilidade. Apesar disso, o trabalho não satisfez a população e devido à má qualidade do serviço e entidades organizadas promoveram um grande manifesto que parou Itaituba e levou a questão para conhecimento nacional. O exercito que é responsável pela obra vem desde então dando manutenção frequente no trecho urbano da rodovia com compromisso de pavimentação no segundo semestre.
Catedral de Santana 
A igreja católica realiza hoje uma programação diferenciada que pretende reunir os católicos durante 24 horas em vigília. O convite aos fieis foi feito pelo bispo da prelazia. De acordo com o bispo Dom Vilmar Santin, que coordena a igreja católica na região, o evento religioso foi proposto pelo comando mundial da igreja católica. Cristãos de todos os continentes estarão reunidos em vigília durante 24 horas de orações, meditações e estudo bíblico a pedido do próprio papa Francisco. Dom Vilmar pediu que os católicos itaitubenses atentem para esta programação especial antecipando a páscoa. Lideranças da igreja deverão se revezar para receber a todos. O primeiro momento as 17 horas será dedicado aos jovens e também haverá espaço para a realização de confissões e uma missa especial as 19 horas 
.

 O desaparecimento do Baron da Jotan não é primeiro episódio envolvendo aeronaves nos últimos tempos em nossa região. O ultimo caso aconteceu mês passado no município vizinho de Novo Progresso, um monomotor modelo Cirrus, considerado moderno, decolou mas nunca chegou ao seu destino. O piloto Daniel Martins de 55 anos foi dado como desaparecido pelas autoridades. O caso do bimotor da Jotan entra para as estatísticas de acidentes envolvendo aeronaves na Amazônia. A pergunta que não cala é: se voar é tão seguro, por que tanto acidente em nossa região? Ora se nossos pilotos são considerados os mais experientes por voar em condições tão adversas, o que contribui para o registro de tantas tragédias? Seria o gerenciamento das empresas? A falta de manutenção nos equipamentos?. Não há como negar que diante da imensidão de nossa região, carente de infra-estrutura, os aviões que cortam os céus de nossas florestas são instrumentos de extrema necessidade, sem eles iria demorar dias pelo rio ou pela estrada para levar comida, combustível ou medicamentos aos garimpos, comunidades e até pequenos municípios. O desaparecimento do bimotor de prefixo PR-LMN deixa mais dúvidas mesmo para os leigos no assunto, 10 dias de buscas se passaram, já são mais de 230 horas de pura agonia e aflição. Não é somente a família das vítimas ou do piloto que sofre, toda a sociedade está consternada com tamanha tragédia que se tornou uma verdadeira novela. Cada dia com um capítulo de um drama sem desfecho. Todos se perguntam o que pode ter acontecido com o avião: Será que caiu? Será que houve pouso forçado? Será que existe alguém com vida? Estariam feridos?. É fato que todos os esforços das autoridades e toda mobilização solidária de voluntários parecem inúteis diante da imensidão da floresta.

O Pará endureceu o discurso, mas sem perder a ternura, no Fórum Nacional dos Secretários de Estado para Assuntos de Energia, realizado em Belém nesta quinta-feira (27), no Hangar - Centro de Convenções. O governador Simão Jatene, no encerramento do encontro, e o engenheiro Nicias Ribeiro, presidente do Fórum, na palestra de abertura, criticaram enfaticamente o modelo de taxação da energia elétrica vigente no País, que, em vez de recompensar, prejudica quem produz.

O tom severo dos discursos foi suavizado pela presença do grupo de Canto Coral Renascer, formado pelas vozes de cinco jovens que se revezaram na execução da melodia e da harmonia das canções, sempre a cappella. Coube a esses rapazes abrir o evento cantando o Hino Nacional e encantando os participantes do encontro.
Nélio comunica decisão ao presidente da câmara em Itaituba
A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) instalada pela Assembleia Legislativa do Estado do Pará (Alepa) realizou na quarta-feira, 26, audiência pública em Marabá. O deputado Nélio Aguiar (DEM) em seu pronunciamento disse que com as privatizações de alguns serviços essenciais, entre eles o da telefonia, foram criadas as agências reguladoras, entre elas a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) que até agora não cumprem o seu papel de fiscalizar as operadoras, penalizando o consumidor.
No 10º dia de buscas pelo bimotor modelo Beechcraft BE 58 Baron, da empresa Jotan Táxi Aéreo, na região de Jacareacanga, as equipes da Defesa Civil e da Força Aérea Brasileira (FAB) continuam, nesta quinta-feira (27), sem qualquer informação sobre a aeronave desaparecida desde o último dia 18.


"Não temos qualquer informação que nos levem ao que ocorreu com o bimotor. Por enquanto, continuamos sem novidades", lamentou J.S. Cavalcante, da Defesa Civil, que comanda as buscas no local.
jacareacanga bimotor (Foto: Reprodução/ TV Liberal)Avião desapareceu na floresta amazônica.
(Foto: Reprodução/ TV Liberal)
Após nove dias de buscas pelo bimotor desaparecido em Jacareacanga, sudoeste do Pará, familiares e amigos dos passageiros da aeronave resolveram oferecer um prêmio de R$ 19 mil a quem encontrar o avião. A aeronave decolou do aeroporto de Itaituba às 11h40 do último dia 18 e sumiu 1h20 depois de o piloto ter feito o último contato pelo rádio. Uma passageira chegou a enviar uma mensagem de celular para o tio informando dos problemas no avião.
O avião transportava o piloto, um motorista e três técnicos de enfermagem que seguiam para uma aldeia dos índios Munduruku. Desde então, a Força Aérea Brasileira (FAB) realiza buscas na região.

Homens da Defesa Civil, Força Aérea Brasileira e Corpo de Bombeiros não realizaram buscas ao avião bimotor desaparecido desde a última terça-feira (18), próximo a cidade de Jacareacanga, no sudoeste Pará. Nesta quarta-feira (26), foi realizado apenas um sobrevoo de helicóptero, mas nada foi encontrado.

De acordo com o coordenador da Defesa Civil, José da Silva Cavalcante, os trabalhos não foram realizados por ordem do comandante que preferiu suspender os serviços para que as equipes pudessem descansar. "Muitos estão trabalhando direto na busca pelo avião e até agora nada. Ontem muitos de nós trabalhamos até tarde. Somente os indígenas fizeram buscas na mata, mas isso não temos controle", afirmou.
Um avião da Força Aérea Brasileira detectou sinais indicando a existência de uma aeronave submersa na região onde estão sendo feitas as buscas ao bimotor que desapareceu próximo ao município de Jacareacanga, no sudoeste do Estado. Ontem, completou uma semana do sumiço do avião, que, com o piloto, transportava cinco pessoas. Mas não se sabe se o avião submerso é o mesmo que está desaparecido. Ou se, conforme informações que circulam na área, é um que teria caído há mais de 20 anos. As informações foram dadas a O LIBERAL, ontem à tarde, pelo delegado Lucivelton Ferreira dos Santos, titular da Delegacia de Jacareacanga.
Segundo ele, o avião da FAB, que faz uma "varredura" na região, detectou a existência de um avião, submerso em uma área alagada, no domingo. Mas, conforme o delegado, essa aeronave não foi "visualizada" pelos militares da FAB.
Áreas alagadas em Itaituba Foto Arlyson Souza
Através do decreto Nº 046/2014, a prefeita Eliene Nunes declarou situação de emergência na área urbana, distritos e comunidades, em decorrência do período de intensas chuvas que vem ocasionando a cheia do rio Tapajós. A situação de emergência abrange dezessete bairros na zona urbana, seis distritos e cinquenta e quatro comunidades.
No decreto são evidenciados os serviços direcionador para resolver as situações nas zonas urbana e ribeirinha, bem como, a convocação de voluntários para reforçar as ações de resposta ao evento natural e realização de campanhas de arrecadação de recursos junto à comunidade com o objetivo de facilitar as ações assistenciais à população afetada, sob a coordenação da Defesa Civil.
O Ministério Público do Estado do Pará (MPE) constatou a superlotação do presídio de Itaituba, no sudoeste do Pará, após visita na última terça-feira (25). O local está interditado para acolher presos de localidades que não pertençam a Região Sudoeste II, que inclui Itaituba, Trairão, Novo Progresso, Rurópolis, Jacareacanga e Aveiro.

A visita ao Centro de Recuperação Regional de Itaituba (CRRI) foi feita pela promotora de Justiça Magdalena Torres Teixeira. Com capacidade para 196 presos, a unidade prisional, atualmente, abriga 289 internos.
COSTUMAM DIZER QUE A JUSTIÇA DE DEUS TARDA  MAS NÃO FALHA, MAS É DIFERENTE! DEUS NÃO TARDA, ELE CAPRICHA!
EU SOU HEPTA CAMPEÃO! O POVO ME ELEGEU POR SETE VEZES CONSECUTIVAS! E O TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL DECIDIU POR UNANIMIDADE ME DEVOLVER O CARGO QUE O POVO ME CONCEDEU, EU SOU VEREADOR! 
AOS MEUS INIMIGOS, SÓ UMA COISA: VOCÊS VÃO TER QUE ME ENGOLIR! E AOS MEUS AMIGOS VERDADEIROS, MUITO, MUITO OBRIGADO PELO APOIO! VOCÊS, COMO UM CASAL, ME ACOMPANHARAM NOS BONS E MAUS MOMENTOS! E POR ISSO LHES SOU GRATO!
FORAM TEMPOS DIFÍCEIS, MAS EU PROFETIZO EM NOME DE MEU PAI QUE AGORA É SÓ VITÓRIA!

OBRIGADO SENHOR!

LUIZ FERNANDO SADECK EM SEU BLOG
Índios da tribo Munduruku participam da busca pelo avião bimotor que desapareceu no Pará na última terça-feira (18) após decolar de Itaituba com destino a Jacareacanga, no sudoeste do estado. Eles atuam com os voluntários, que incluem moradores de Jacareacanga e funcionários do Distrito Sanitário Indígena (DSEI), e saem de canoa às 5h em busca de pistas que possam levar ao avião e seus cinco ocupantes. O trabalho só encerra de noite.
As buscas pelo bimotor já duram uma semana. Além dos voluntários, a procura pelo avião e seus ocupantes é feita com aeronaves da Força Aérea Brasileira e da Secretaria de Segurança Pública do Estado. Até o momento, as equipes acumulam mais de 85 horas de voo, cobrindo uma área de 6.785 quilômetros quadrados. Um dos aviões utilizados na operação é o Orion, que tem sensores que detectam metal mesmo sob a mata cerrada, direcionando a operação em terra.
 A equipe percorre uma área que fica a cerca de 32 quilômentros de Jacareacana. De acordo com o J.S. Cavalcante, da Defesa Civil, as buscas se concentram em áreas onde objetos metálicos teriam sido encontrados ontem. "O caça aéreo detectou esses objetos metálicos e agora estamos com essa equipe para tentar encontrá-los, mas nada está confirmado ainda", explicou.
Até o momento, não há informações sobre o avião desaparecido no Pará. As buscas pelo ar também retornaram na manhã de hoje pela FAB. As condições climáticas em Jacareacanga amanheceram favoráveis às buscas, ao contrário dos demais dias prejudicados pelas chuvas e fortes nevoeiros.

José Admilson Gomes Pereira

O Conselho Nacional de Justiça decidiu na segunda-feira (24), julgar o juiz José Admilson Gomes Pereira por tráfico de influência e venda de sentenças. Pereira é acusado de favorecer advogados e vender sentenças em Novo Progresso, no interior do Estado. Com isso o conselho revisará a decisão do Tribunal de Justiça do Estado do Pará que julgou improcedentes as acusações contra o magistrado.
Pereira respondeu procedimento administrativo disciplinar por suspeita de tráfico de influência e venda de sentenças entre os anos de 2010 e 2011, quando era juiz da comarca de Novo Progresso, no sudeste do Pará. Em decisão de abril de 2013, o TJE entendeu que quem denunciou o juiz não era isento, além de não haver provas concretas das acusações.
Além da FAB e do Corpo de Bombeiros, voluntários e 150 índios devem reforçar as buscas pelo bimotor
Além da FAB e do Corpo de Bombeiros, voluntários e 150 índios devem reforçar as buscas pelo bimotor
Um grupo de empresários que moram na região de Jacareacanga, se reuniram na segunda-feira (24) e arrecadaram a quantia de R$17 mil para oferecer de recompensa a quem achar provas concretas do avião desaparecido desde o dia 18 deste mês.
As buscas pela aeronave devem recomeçar por volta das 7h da manhã desta terça-feira (25).
Além das equipes da Força Aérea Brasileira (FAB) e do Corpo de Bombeiros, voluntários e 150 índios de tribos próximas devem reforçar as buscas pelo bimotor.
Sobre o caso
A filha do piloto Luiz Feltrin está fazendo um apelo em sua página pessoal no Facebook, pedindo informações sobre as ligações dos passageiros que estavam no avião que caiu no dia 18 deste mês, no sudoeste do Pará. Segundo a publicação, eles estariam encontrando dificuldade com as telefonias Vivo e Tim.
Jéssica Feltrim diz que "a autorização judicial para a quebra do sigilo telefônico dos ocupantes da aeronave ja nos foi fornecida, porém, estamos enfrentando questões burocráticas diante das empresas de telefonia Vivo e TIM, para que nos forneça os dados de localização das ultimas conversas telefônicas. (sic)".

O plenário do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) decidiu, nesta segunda-feira (24), durante sessão ordinária, instaurar Procedimento Administrativo Disciplinar (PAD) para apurar indícios de que o desembargador João José da Silva Maroja, do Tribunal de Justiça do Estado do Pará (TJPA), teria recebido, quando presidia o Tribunal Regional Eleitoral do Pará (TRE/PA), pelo menos R$ 1,3 milhão em troca de decisões judiciais favoráveis a políticos paraenses. O colegiado decidiu também afastar o magistrado de suas funções durante o andamento do PAD.
Odair Corrêa
Odair Corrêa
Odair Corrêa não é mais o superintendente regional do Ministério do Trabalho no Pará. Ele está se afastando da função para assumir sua pré-candidatura ao cargo de deputado estadual, como exige a Justiça Eleitoral – que determina o desligamento de possíveis candidatos dos cargos públicos que ocupam. Assumirá seu lugar na superintendência Raimundo Pinheiro, secretário do Partido Democrático Trabalhista (PDT) no Estado.
“Emitimos 650 mil carteiras de trabalho em três anos. Fomos os pioneiros em todo o Brasil a disponibilizar o sistema online de atendimento a alguns serviços prestados pelo Ministério do Trabalho e disponibilizamos uma verba de R$ 800 milhões para cerca de 270 mil pescadores ribeirinhos que vivem dessa atividade em nossa região”, avaliou Odair Corrêa, que esteve por três anos à frente da superintendência.
Avião Orion é utilizado nas buscas no PA (Foto: CBS Silva / Agência Força Aérea)A Força Aérea Brasileira (FAB), que lidera as buscas pelo avião bimotor que desapareceu perto deJacareacanga, sudoeste do Pará, negou que a aeronave tivesse sido localizada. Nesta segunda-feira (24), o Instituto Médico Legal confirmou que enviou técnicos para a área, aumentando a especulação sobre as buscas por sobreviventes e destroços.  Além da FAB, a filha do piloto da aeronave, Jéssica Feltrin, negou que o avião e os ocupantes tivessem sido encontrados. A mesma informação foi repassada pelo Grupamento Aéreo da Secretaria de Segurança Pública do Estado (Segup), que auxilia a FAB na operação de salvamento.
 
Orion- avião que deu coordenada ao militares
Autoridades confirmam que os destroços do avião desaparecido foram identificados pela aeronave da FAB que sobrevoou a região onde o bimotor desapareceu, mas não divulgaram a condição da aeronave e das vitimas do acidente.  De acordo com informações oficias dois helicópteros estão no local e militares vasculham o perímetro. A noticia de que o avião tinha sido localizado chegou a circular pela manha através de fontes que participam da operação, no entanto, ao que parece existe forte interesse em preservar a informação. Este blog está checando os fatos e irá manter seus leitores atualizados 
Asdrúbal Bentes
Asdrúbal Bentes
O peemedebista Asdrúbal Bentes declarou ontem que irá se apresentar na vara de execuções penais de Brasília na próxima segunda-feira (24) para poder cumprir a condenação pelo crime de esterilização ilegal, do qual ele foi considerado culpado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) em 2011. O parlamentar, que ainda está em liberdade em Marabá, afirmou também que está pensando na possibilidade de renunciar ao mandato de deputado federal pelo Estado do Pará. “Eu vou para Brasília, além de me apresentar, conversar com lideranças nacionais e regionais, os meus familiares, minha mulher, meus filhos, e depois apresentar uma decisão. Não há motivo para precipitação. Estou com a consciência tranquila”, disse Bentes.
P-3AM Orion, avião que será utilizado no patrulhamento da região do pré-sal (Foto: Divulgação/FAB)
A Força Aérea Brasileira (FAB) retomou as buscas no início da manhã deste domingo (23) pela aeronave desaparecida na última terça-feira (18) em Jacareacanga, no sudoeste do Pará, com um reforço importante: um avião modelo P-3 Orion, com capacidade de identificar metais e que, de acordo com a assessoria de comunicação da Aeronáutica, seria o mesmo modelo que está sendo empregado nas buscas pelo avião desaparecido da Malaysia Airlines.
O avião seguiu diretamente da esquadra de Salvador, na Bahia, onde está sediado, para a região sudoeste do Pará. Ele se soma a um helicóptero e a outro avião para dar continuidade às buscas aéreas, que já entram pelo sexto dia."Essa aeronave é dotada de sensores que identificam partes metálicas, inclusive submarinos, navios em alto mar. É um instrumento a mais que irá auxiliar de forma eficaz no trabalho de buscas", esclareceu.
Complexo Hidrelétrico Tapajós
Complexo Hidrelétrico TapajósRevoltados com o possível início das obras de construção da Usina Hidrelétrica de São Luiz do Tapajós, no Município de Itaituba, Oeste do Pará, moradores de comunidades tradicionais e indígenas voltaram a pedir providências junto ao Ministério Público Federal (MPF). Para resistir e denunciar a situação vivida na região, comunidades tradicionais e indígenas, movimentos sociais, sindicatos e entidades se reuniram em Itaituba, às vésperas do Dia Internacional de Luta contra as Barragens, celebrado em 14 de março.

2 comentários
Avião Desaparecido Jacareacanga (Foto: Reprodução/TV Liberal) A Força Aérea Brasileira (FAB) deve retomar no início deste domingo (23) as buscas pela aeronave desaparecida na última terça-feira (18) em Jacareacanga, no sudoeste do Pará. Homens da FAB percorreram novamente área a procura do bimotor, mas não tiveram nenhum sinal do avião.
saiba mais
O bimotor modelo Beechcraft BE 58 Baron saiu de decolou do aeroporto de Itaituba às 11h40 de terça-feira (18), transportando o piloto, um motorista e três técnicos de enfermagem que seguiam para uma aldeia dos índios Munduruku. Segundo a Aeronáutica, o avião desapareceu 1h20 depois de o piloto ter feito o último contato pelo rádio. Uma passageira chegou a enviar uma mensagem de celular para o tio informando dos problemas no avião.
Equipes de busca da Força Aérea Brasileira (FAB), Corpo de Bombeiros, Polícia Civil do Pará, mateiros da região e índios têm encontrado muitas dificuldades para encontrar o avião bimotor que desapareceu na quarta-feira, 19, entre os municípios de Itaituba e Jacareacanga, com cinco pessoas a bordo.
O avião levava servidores de saúde que iriam prestar atendimento médico nas aldeias dos índios mundurucus. A dificuldade se dá pela extensa área de florestas a ser coberta entrecortada por rios, sem acesso por estradas.
A informação dada por um garimpeiro que trabalha em uma área da margem direita do Rio Tapajós, 1.850 km a oeste de Belém, pode ser a pista para localizar a aeronave. Além das buscas por barcos, a pé, pela mata, e de avião e helicóptero, as equipes agora ganharam um reforço: o juiz da comarca de Jacareacanga, Claytoney Passos Ferreira, aceitou um pedido da polícia para quebrar o sigilo das últimas mensagens telefônicas feitas pelos ocupantes da aeronave, na tentativa de encontrar sua localização.


Uma possível falha no Transmissor Localizador de Emergência do avião que caiu próximo ao município de Jacareacanga, sudoeste paraense, não funcionou, o que está dificultando as buscas, de acordo com informações da Força Aérea Brasileira (FAB), em entrevista ao DOL no início da noite desta sexta-feira (21).
Todas as aeronaves tem esse aparelho, que emite um sinal para a FAB no momento do impacto. “Não sabemos certo o porquê o sinal não foi emitido. Pode ser que a bateria estivesse vencida e por algum motivo não foi trocada. E isso está dificultando nossas buscas”, explica a FAB.

As equipes de buscas que fazem parte da operação de resgate do avião bimotor que desapareceu após decolar de Itaituba na última terça-feira (18), no oeste do Pará, investigam a possibilidade do avião estar perto de uma área de garimpo localizada próximo ao município de Jacareacanga. Segundo o delegado Lucivelton Santos, a comunidade teria avistado a aeronave enquanto ela sobrevoava a região (veja vídeo acima). Após a confirmação da localização exata do garimpo, as equipes de salvamento devem traçar um raio de busca de 20 quilômetros.

A busca pelo avião bimotor que desapareceu com cinco pessoas a bordo está sendo prejudicada pela densidade da floresta. De acordo com a Secretaria Municipal de Assuntos Indígenas de Jacareacanga, que auxilia nas buscas, ter acesso às áreas de mata fechada onde possa estar a aeronave é “quase impossível”. “É uma área de mata densa, íngreme, acidentada. O acesso é quase impossível. Estamos exaustos. A mata até prejudica a cabeça da gente. Mas não iremos esmorecer”, declarou o secretário Ivânio Nogueira em entrevista ao G1 nesta quinta-feira (20).
Equipes fazem busca próximo a comunidade indígena. 
 O terceiro dia de buscas foi encerrado, nesta quinta-feira (20), sem que fosse achada qualquer pista sobre o avião que caiu na última terça-feira (18), próximo ao município de Jacareacanga, sudoeste paraense.
Índios da comunidade próxima ao município afirmam que ouviram um estrondo, que possivelmente possa ser da queda do avião. Porém, as equipes de busca foram até o local hoje e não encontraram a aeronave.
 A família da passageira Luciney Aguiar de Sousa, 40 anos, reclama da demora em localizar o avião que desapareceu emJacareacanga, sudoeste do Pará. As buscas entram no terceiro dia nesta quinta-feira (20).
Segundo o pai da técnica em enfermagem, Ramiro Ferreira Aguiar, a família soube do sumiço do bimotor por parentes que moram em Itaituba, e desde lá, a preocupação e ansiedade por informações têm tirado o sono. “A gente só espera, só espera e não tem decisão de encontrar avião. Não encontram ninguém e é assim desse jeito. Estamos sofrendo, não durmo a noite”, disse angustiado.
Agência Pará
Pedacinho dos Estados Unidos, na década de 1920, transplantado para o coração da floresta amazônica”. Assim a jornalista inglesa Kiki Deere, do guia de turismo “Rough Guides”, define a vila de Fordlândia, no oeste do Pará.


A jornalista foi recebida em Belém, em fevereiro passado, pela Companhia Paraense de Turismo (Paratur), que apoiou a reportagem nos principais municípios das regiões turísticas de Belém, Amazônia Atlântica, Marajó e Tapajós.


Mistério- Aeronave que decolou de Novo Progresso com destino a Telêmaco Borba (PR) no dia 19 de fevereiro nunca mais foi visto.
Algumas hipóteses iniciais sugeriram que o avião pudesse ter sofrido um acidente entrando no mau tempo e ao desviar acidentou e caiu, a família ainda acredita em encontrar o piloto Daniel Martins Alves de 55 anos com vida.

No plano de voo, ele deveria passar em Rondonópolis (MT) para reabastecimento antes de seguir viagem até o Paraná.

As buscas foram suspensas pela FAB no dia 1º de março. De acordo com a assessoria de imprensa da entidade, não foram encontrados indícios da aeronave.
 As cinco pessoas que estão a bordo do bimotor modelo Beechcraft BE 58 Baron, desaparecido na região do município de Jacareacanga, tiveram os nomes divulgados pelo Ministério da Saúde, nesta quarta-feira (19). A equipe é toda de profissionais de saúde e estavam realizando trabalhos nas aldeias indígenas da região.


Estavam a bordo as técnicas de enfermagem Rayline Sabrina Brito Campos, Luciney Aguiar de Sousa e Raimunda Lúcia da Silva Costa, o motorista Ari Lima e o piloto Luiz Feltrin.

Os profissionais substituiriam as equipes que já prestavam atendimento nas aldeias da etnia Munduruku.
 As buscas pelo bimotor modelo Beechcraft BE 58 Baron, de matrícula PR-LMN foram retomadas na manhã desta quarta-feira (19), nas proximidades do município de Jacareacanga. De acordo com a Força Aérea Brasileira (FAB), houve uma demora no retorno do resgate pela pouca visibilidade na área devido ao mau tempo. A aeronave está desaparecida desde a manhã de ontem.


 Com a melhoria do nevoeiro, duas aeronaves foram enviadas à região para realizar as buscas, sendo um helicóptero de Manaus (AM) e outro de Campo Grande (MS), ambos especializados em missões de busca e salvamento. A missão envolve cerca de 20 militares da FAB.
Rayline Campos

Um helicóptero da Força Aérea Brasileira (FAB) do Salvo Aéreo de Manaus continua efetuando buscas ao avião bimotor, modelo Baro, prefixo PP-LMN que partiu de Itaituba às 11h45, de terça-feira, 18, com destino a Jacareacanga, desaparecendo minutos após a decolagem. O avião da empresa Jotan Taxi Aéreo conduzia cinco profissionais de saúde da FUNASA, que prestavam serviço a comunidades indígenas daquela região.
De acordo a Agência nacional de Aviação Civil (Anac), a situação da aeronave desaparecida, de matrícula estava regular. A Inspeção Anual de Manutenção (IAM) e o Certificado de Aeronavegabilidade (CA) estavam em dia.

Entre os passageiros do avião, a técnica em enfermagem da Secretaria Especial da Saúde Indígena (Sesai), Rayline Campos, natural de Santarém, levava uma equipe de profissionais de saúde de Itaituba para uma aldeia indígena em Jacareacanga. Ela pediu socorro ao tio, Rubélio Santos, em Santarém, por meio de duas mensagens enviadas ao telefone celular minutos antes de a aeronave desaparecer.
Raimunda Costa (Foto: Reprodução/Facebook)
Raimunda Costa - estava no avião 
A família de Raimunda Lúcia Costa Silva, técnica de enfermagem que estava no avião desaparecido na terça-feira (18) durante viagem de Itaituba ao município de Jacareacanga, no oeste do Pará, ainda tem esperança de que os passageiros estejam com vida. A sobrinha de Raimunda, Darliene Limeira de Araújo, 18 anos, afirmou ao G1 nesta quarta-feira (19) que os parentes aguardam ansiosos por notícias das buscas.
“Creio que houve uma demora para nos avisarem. A última informação que a gente teve foi no início da noite de terça, quando a enfermeira chefe ligou e disse que estavam sendo encerradas as buscas por ontem, e que hoje [quarta] continuariam”.
Osvaldo Romanholi, afastado por 180 dias, até que denúncia seja apurada
Osvaldo Romanholi, afastado por 180 dias, até que denúncia seja apurada
Durante uma tumultuada sessão realizada na tarde/noite de terça-feira, dia 18, a Câmara Municipal de Novo Progresso, por 6 votos a favor e três contra, votou pelo afastamento do prefeito Osvaldo Romanholi, por 180 dias, até que denúncia de improbidade administrativa seja apurada. A sessão foi realizada após o Juiz da Comarca de Novo Progresso ter cancelado uma outra sessão realizada no último dia 11, que foi favorável ao Prefeito.
ENTENDA O CASO: Na semana passada foi protocolada uma denúncia onde a documentação apontou transferência de dinheiro público para conta da empresa da filha do Prefeito, Grazieli Romanholi, que atualmente também é Secretária de Ação Social do Município. Segundo o denunciante, o Prefeito cometeu crime de responsabilidade, se aproveitando de estado de emergência na época para contratar a empresa da filha. “Conduta considerada imoral e ilegal para agente público”.



Hoje pela manhã, ao usar a tribuna da Câmara, o vereador Isaac Dias (PSB) para fazer críticas pesadas contra o coordenador da COMTRI, o advogado Davi Salomão.

Isaac não se limitou a falar de questões de funcionamento do órgão de trânsito. Ele também abordou questões da vida pessoal do advogado.

No que diz respeito aos problemas que apontou, o ex-líder do governo acusou a direção da COMTRI por não dar respaldo aos agentes, que são constantemente desmoralizados porque seus atos são desautorizados pelo coordenador.
O juiz de Rurópolis, Juiz Gláucio Assad, proferiu sua sentença a respeito do caso envolvendo a eleição de 2012. O candidato que ficou em segundo lugar, Raimundo Rosivaldo Ferreira de Sousa (Rose), recorreu à Justiça Eleitoral, alegando que o prefeito Raulien Queiroz, que foi reeleito, teria cometido alguns crimes eleitorais.
No dia 22 de Janeiro houve a audiência com as partes, na cidade de Rurópolis. Hoje o juiz decidiu que, por considerar improcedentes as provas apresentadas, não atender ao que pedia o advogado de Rose, dando ganho de causa a Raulien, apesar do Ministério Público Eleitoral ter pedido o contrário.
O advogado e deputado federal Dudimar Paxiúba já informou que vai recorrer ao TRE, imediatamente da decisão do juiz Juiz Gláucio Assad. 

por J.Parente
 A informação de que o avião que desapareceu as proximidades de Jacareacanga teria sido encontrado não procede. A noticia foi baseada num depoimento de um piloto que sobrevoou a área e afirmou ter visto objeto metálico que parecia a fuselagem do avião da empresa Jotan Taxe aéreo. O piloto informou que viu o material próximo de Jacareacanga , perto da comunidade São Martins. Depois de averiguar o local a equipe de resgate identificou que o objeto era na verdade uma placa solar. Portanto, o avião continua desaparecido. As buscas pela aeronave foram encerradas ao cair da noite e serão retomadas na manha de quarta-feira. Uma equipe de resgate da força aérea está em Jacareacanga para realizar as buscas e as investigações das causas do acidente. Outros aviões particulares auxiliam no trabalho. 
Mensagem 3 desaparecida (Foto: Luana Leão/G1)Parte da primeira mensagem enviada por Rayline ao tio
(Foto: Luana Leão/G1)
A técnica em enfermagem Rayline Campos, uma das passageiras do bimotor que desapareceu quando saiu de Itaituba para uma aldeia indígena em Jacareacanga, sudoeste do Pará, pediu socorro ao tio por mensagens no telefone celular minutos antes de a aeronave desaparecer. Ela mora em Santarém, oeste do Estado, e trabalha em Jacareacanga. Segundo a Fundação Nacional do Índio (Funai), o avião transportava uma equipe de saúde.
Duas mensagens foram enviadas do telefone celular de Rayline para o celular do tio, Rubélio Santos, que mora em Santarém.
 
Luiz Feltrin comandante da aeronave 
 O local onde foi visto destroços da aeronave desaparecida fica próximo a comunidade São Martim, a 4 minutos de voo do município de Jacareacanga, 15 minutos de voadeira. De acordo com as informações colhidas pelo blog o avião está em local de acesso complicado entre o rio e a mata. Não há informações oficiais sobre a condição das vítimas do acidente. Uma equipe médica esta no local para prestar atendimento em caso de necessidade. O resgate conta com aeronaves, helicóptero e uma grande quantidade de embarcações. Tanto em Jacareacanga como em Itaituba existe uma grande ansiedade das pessoas em busca de informações sobre a as vítimas.