segunda-feira, 24 de março de 2014

Filha de piloto faz apelo por quebra de sigilo

A filha do piloto Luiz Feltrin está fazendo um apelo em sua página pessoal no Facebook, pedindo informações sobre as ligações dos passageiros que estavam no avião que caiu no dia 18 deste mês, no sudoeste do Pará. Segundo a publicação, eles estariam encontrando dificuldade com as telefonias Vivo e Tim.
Jéssica Feltrim diz que "a autorização judicial para a quebra do sigilo telefônico dos ocupantes da aeronave ja nos foi fornecida, porém, estamos enfrentando questões burocráticas diante das empresas de telefonia Vivo e TIM, para que nos forneça os dados de localização das ultimas conversas telefônicas. (sic)".

Diante da situação e desespero dos familiares, Jéssica pede que "todos se solidarizem e ajudem a comover as operadoras, para que forneçam esses dados o mais rápido possível para a FAB", diz. Até à tarde desta segunda-feira (24), mais de 300 pessoas já haviam compartilhado a publicação.
O DOL entrou em contato com a Vivo e aguarda posicionamento. Através de nota a TIM informou que não irá se posicionar sobre o assunto.
Boatos
Na manhã de hoje surgiram boates de que o avião teria sido encontrado. Blogueiros da região chegaram a publicar que a informação estava confirmada, porém o Serviço Regional de Proteção e Prevenção de Acidentes Aéreos (Seripa) negou.
(DOL)

Nenhum comentário:

Postar um comentário