terça-feira, 25 de março de 2014

Índios participam de busca por avião desaparecido

Índios da tribo Munduruku participam da busca pelo avião bimotor que desapareceu no Pará na última terça-feira (18) após decolar de Itaituba com destino a Jacareacanga, no sudoeste do estado. Eles atuam com os voluntários, que incluem moradores de Jacareacanga e funcionários do Distrito Sanitário Indígena (DSEI), e saem de canoa às 5h em busca de pistas que possam levar ao avião e seus cinco ocupantes. O trabalho só encerra de noite.
As buscas pelo bimotor já duram uma semana. Além dos voluntários, a procura pelo avião e seus ocupantes é feita com aeronaves da Força Aérea Brasileira e da Secretaria de Segurança Pública do Estado. Até o momento, as equipes acumulam mais de 85 horas de voo, cobrindo uma área de 6.785 quilômetros quadrados. Um dos aviões utilizados na operação é o Orion, que tem sensores que detectam metal mesmo sob a mata cerrada, direcionando a operação em terra.

Para os familiares da técnica Lucinéia Aguiar, que está entre os desaparecidos, o esforço da comunidade reforça a esperança em um final feliz. "A gente só tem a agradecer a todos os voluntários, que estão sempre dispostos a ajudar. Hoje teremos uma resposta, se Deus quiser", espera Andressa Aguiar, irmã de Lucinéia."A expectativa é a gente encontrar. Nossa impressão está dizendo que o avião está lá, que existem sobreviventes e, com fé em Deus, vamos achar eles bem", disse Sandro Waru, um dos índios voluntários. "O que a gente quer é encontrar esse avião, para poder dar um alívio e um descanso para as famílias", revela o voluntário Willian Silvio.
Entenda o caso
O bimotor transportava o comandante Luiz Feltrin, dono da empresa Jotan Táxi Aéreo, um motorista e três funcionários de saúde, que iriam trabalhar no atendimento da comunidade indígena da região. O último contato recebido da aeronave foi uma mensagem de texto da técnica de enfermagem Rayline Campos, que mandou um SMS para o tio preocupada com o mau tempo e as condições da aeronave.

Na última segunda-feira (24), rádios e blogs do oeste do Pará chegaram a divulgar que o avião havia sido encontrado, mas a informação foi desmentida pelas equipes de salvamento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário