segunda-feira, 14 de abril de 2014

Empresários e contadores são contra o novo código tributário de Itaituba

 Empresários e contadores são contra o aumento proposto pelo novo código tributário do município. Eles irão pressionar a câmara a rever o texto da lei aprovado pelos vereadores. A reunião aconteceu no salão paroquial da matriz de Santana e teve a participação de um grande número de contadores. O encontro foi conduzido pela associação empresarial, CDL e empresários. nenhum representante do governo municipal atendeu o convite para as discussões referentes ao novo código tributário que tem gerado insatisfação para empresários e profissionais da contabilidade. De acordo com os contadores o aumento imposto pelas novas regras do código é abusivo e não condiz com a realidade da economia local.
 Apenas a vereadora Célia Martins participou do encontro e foi pressionada para que a câmara a reveja a decisão que aprovou o código sem discutir os termos com a sociedade. Ficou agendado para esta terça feira um novo encontro com o legislativo, desta vez na câmara, onde a pauta será um novo entendimento entre a classe empresarial, legislativo e executivo.


  O presidente da cdl ressaltou que o projeto foi aprovado na câmara no apagar das luzes em 2013 e que não houve tempo para contestar ou opinar sobre a nova legislação tributaria do município. De acordo com Davi Menezes os empresários foram surpreendidos por um aumento repentino e exorbitante. Para os contadores é preciso reformular a lei ou criar novas diretrizes para não penalizar a economia. Já os empresários disseram que não são contra a revisão das taxas, mas querem mais flexibilidade e prometeram tentar um mandado de segurança na justiça para tentar reverter à decisão municipal. 
 O novo código tributário municipal já havia sido criticado por empresários do distrito industrial de Morais Almeida. A prefeita chegou a reunir com o setor e alegou que a lei não era alterada a mais de dez anos e que o município precisa se readequar para arrecadar mais.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário